Lucas Bassotto

Escrito por

Author

Economista, trader e especialista em conteúdo sobre economia, finanças e criptomoedas.

A queda do rendimento da Renda Fixa fez com que as pessoas procurassem formas de continuar rentabilizando seu dinheiro. Por isso, um grande número de pessoas começou a investir na bolsa de valores. Algumas compram ações e mantém para o longo prazo, outras pessoas fazem operações de day trade para aumentar a rentabilidade.

O day trade é uma modalidade de trading que busca retornos no curto prazo com operações de curta duração e com prejuízo limitado. Isso significa que os trades duram alguns minutos, horas ou um dia inteiro. Ao final do dia, o trader encerra suas negociações, colhe os resultados, estuda e faz uma análise para melhorar no dia seguinte.

Recentemente, muitas pessoas estão entrando em operações de day trade, principalmente no mercado de ações, atraídas por promessas de ganhos rápidos e elevados. No entanto, a realidade é muito diferente: se um trader quiser ser consistente e ganhar dinheiro no longo prazo, precisa ser muito acima da média.

No curtíssimo prazo, traders conseguem ter lucro em suas operações. Contudo, a consistência é ainda o maior desafio, sendo difícil encontrar traders que se mantiveram no mercado por anos. O segredo é muito estudo de materiais sérios, e prática. 

Como funciona o day trade?

Os principais negociantes da modalidade day trade utilizam seus estudos em análise técnica como leitura de gráficos e indicadores para fazer suas operações. O objetivo é comprar ou vender algum ativo (ação, dólar, criptomoeda ou commodity) utilizando as análises e lucrar no curtíssimo prazo.

Todas as as operações são feitas em plataformas conhecidas como home broker, oferecidas por corretoras com a XP, Modal Mais, Rico e Clear, por exemplo. O trader deposita uma margem de garantia e consegue operar em diversos mercados partindo da modalidade day trade.

A margem de garantia serve para que você possa abrir posições no mercado. Uma das principais vantagens do day trade é alavancagem. Através do depósito de garantia, você pode aumentar seu poder financeiro ao tomar ações por empréstimo para poder comprá-las ou vendê-las, aumentando assim seu potencial de lucro e o risco.

No day trade também é muito comum o uso de stop loss (limitar perda). Essa função estipula a perda máxima da operação. Isso evita que seu prejuízo seja muito maior do que o planejado. 

De modo resumido, o day trade se resume a 7 passos:

  1. Estudar teoria de análise gráfica e técnica;
  2. Escolher alguma corretora com um bom home broker e menores taxas de corretagem;
  3. Efetuar o depósito da margem de garantia;
  4. Escolher o mercado que você quer operar;
  5. Fazer análise do momento;
  6. Efetuar a operação colocando a limitação de perda;
  7. Realizar o lucro ou prejuízo.

Ao longo do texto, vou explicar como funciona o sistema de alavancagem, as operações de compra e venda, por onde começar a estudar e também como funciona o stop loss. 

O fato é que não é muito difícil se tornar um day trader, pois qualquer pessoa física com pelo menos R$ 100, um computador e uma internet consegue fazer suas operações. O mais difícil é obter a consistência no longo prazo.

O que é necessário aprender?

O day trader opera sempre olhando para o gráfico do ativo, tentando encontrar padrões de movimentos e interpretando os indicadores, chegando à conclusão se deve comprar ou vender algum ativo com base nessas análises.

Os day traders que operam seguem a Teoria de Dow, que pressupõe que todas as informações e expectativas do mercado já estão refletidas no preço do ativo. Com isso, bastaria interpretar os gráficos para compreender a psicologia das massas que participam do mercado.

Com isso, os day traders não utilizam análises econômicas e fundamentalistas em relação aos ativos que serão negociados. Tão pouco utilizam notícias para operar. O gráfico e os indicadores devem ser as principais preocupações.

Para começar a operar, é preciso aprender:

Existem materiais extensos na internet, como o livro “Price Action: Tendências”, a principal referência de leitura. Livros como “Análise Gráfica” do Marcos Abe também são indicadores para iniciantes.

Também é possível encontrar canais no YouTube como o “Ogro de Wall Street”, que trazem essa visão de day trader. Cursos também são uma alternativa viável, pois reúnem as principais informações e sintetizam tudo o que é preciso saber. 

Como ganhar dinheiro com day trade?

A lógica do day trade é comprar um ativo por um preço X e revendê-lo com lucro a um preço maior. Essa é apenas a operação simples de compra. Contudo, é possível também ter lucros apostando na queda de preço do ativo.

Você pode pegar ações emprestadas e vendê-las no mercado, recomprando a um preço menor no futuro, tirando o lucro da operação. Essa é a operação “vendida”. 

A aposta em direções do mercado é conhecida como Long ou Short. Quando um investidor está “Long”, está comprando ativos e apostando na alta. Na posição “Short”, ele está vendendo ativos e apostando na queda.

Leia mais: Como funciona o Long e Short?

O que é alavancagem?

A alavancagem consiste em um mecanismo para elevar seu poder operacional, trazendo maior potencial de lucros e também aumentando o risco de maiores perdas. É comum ver day traders se alavancando até 100 vezes para executar uma operação. 

Isso significa que eles podem operar até 100 vezes o valor de um capital de R$ 100, que resultaria em uma posição de R$ 10.000. Um ganho de 1% sobre R$ 10.000 poderia gerar um lucro de R$ 100 sobre um capital inicial de R$ 100, o que resultaria em um ganho total de 100%. 

No entanto, se o preço do ativo for na direção contrária da operação, o trader corre o risco de perder toda a sua margem de garantia depositada, caso o prejuízo da operação se torne maior do que a garantia. 

Por exemplo, se você abriu a mesma posição de R$10.000 e o preço andar 1% na direção contrária do seu trade, o prejuízo será maior que a garantia de R$ 100, e a corretora irá debitar sua margem para evitar que você se torne inadimplente.

Ainda assim, a alavancagem é vantajosa porque permite que o trader se exponha a altíssimos ganhos com uma quantia pequena de dinheiro. Em caso de perda, essa quantia ainda seria pequena, podendo o trader depositar mais para continuar suas operações. Além disso, é possível usar stop-loss para evitar perda total da margem de garantia.

Como funciona o stop-loss?

O stop-loss é uma ordem que limita o prejuízo da operação a um prejuízo programado pelo próprio trader. Ao encontrar alguma oportunidade, é estipulada uma meta de ganho (alvo) e uma perda máxima. 

É sempre desejável uma relação 3 para 1 entre retornos e riscos. Por exemplo: em uma operação de compra, o trader pretende ganhar R$ 75 e perder no máximo 25. Com isso, pode-se calcular o preço em que o prejuízo será igual ao planejado. 

Um exemplo de stop-loss:

  • Lucro planejado: 1,5%;
  • Prejuízo máximo: -0,5%;
  • Preço da ação XYZ: R$ 10,00;
  • Preço da ação XYZ: R$ 10,00;
  • Preço alvo da ação XYZ: (10 * (1+0,015) = R$ 10,15;
  • Preço do stop-loss da ação XYZ: (10 * (1-0,005) = R$ 9,95.

Com isso, o trader poderia colocar uma ordem stop-loss a R$ 9,95 caso sua operação seja mal sucedida. Se sua operação andar na direção planejada, ele poderá realizar o ganho quando o preço chegar a R$ 10,15. 

Quais são os riscos desse mercado?

Os riscos de perder dinheiro no day trade são reais. Aliás, essa é uma constante para mais de 97% dos participantes deste mercado. Por isso que a questão da consistência é tão destacada neste texto. A principal forma de remediar os prejuízos é com conhecimento e prática.

Ainda assim, os prejuízos não são completamente evitáveis. De cada 100 operações, um trader vencedor tende a acertar 60 e fracassar nas outras 40. O uso do stop-loss ajuda a controlar a magnitude dos prejuízos, mas não evita que o operador possa perder tudo caso tenha prejuízos sequenciais.

Se você leva um prejuízo de 10%, você precisará de um lucro de 11%. Lembre-se sempre dos juros compostos. Quanto maior a quantidade de prejuízos em sequência, maior a dificuldade para recuperar, e isso acaba fragilizando os traders emocionalmente, aumentando o enviesamento e piorando a tomada de decisões.

A alavancagem é uma excelente ferramenta, mas na medida que aumenta os ganhos, também acentua os prejuízos na mesma proporção. 

Quem pode ser trader?

Como falado acima, qualquer pessoa pode ser trader. Basta ter acesso a um computador, internet e pelo menos R$ 100 para depositar como margem de garantia na corretora. Além disso, ao contrário do que muitos pensam, não é preciso ficar o dia inteiro na frente do computador. 

O trader pode ficar o tempo que achar necessário, podendo ser ele de 30 minutos a 5 horas por dia. Isso traz outra grande vantagem que é a flexibilidade de horários, embora a bolsa de valores feche às 18 horas e nos finais de semana. Contudo, é possível operar Bitcoin e criptomoedas 24 horas por dia.

O que todo trader precisa ter é estudo e controle emocional para embasar suas operações. Paciência também é um requisito obrigatório. Ninguém fica rico do dia para a noite e quem promete isso provavelmente está vendendo ilusões ou sendo mal intencionado.

Outra coisa para se ter cuidado é com os vendedores de “Segredos do Trade”, onde cobram dinheiro por uma técnica supostamente milagrosa. Na maioria das vezes, essas vendas são golpes que servem apenas para iludir novatos e tomar dinheiro.

Quais são os custos de se operar day trade?

O principal custo é com as taxas de corretagem. No entanto, o imposto de renda também deve ser considerado. Algumas plataformas cobram taxa zero na corretagem. Por isso, sempre consulte as taxas da corretora antes de começar no day trade.

Sobre tributação, o Imposto de Renda, incide apenas em 20% sobre todos os ganhos líquidos nas operações de day trade, devendo estes ganhos serem declarados na DARF. Isso significa que se você teve um ganho de R$ 200, pagará R$ 4 de imposto. Prejuízos não são passíveis de tributação.

Diversifique

O caminho para a consistência é também a diversificação. Portanto, não invista todo seu dinheiro em day trade. É importante ter uma carteira de investimentos focada no longo prazo e bem diversificada.

Você pode utilizar o day trade para tentar aumentar a rentabilidade de sua carteira, mas comece com um pequeno capital. Quanto maior a quantia de dinheiro envolvida nas operações, maior será a dificuldade de ganhar dinheiro. Não existe segredo para investir e ganhar dinheiro.

Write A Comment