Rede do Bitcoin pode se tornar a internet do futuro?

MercadoPago vai aceitar pagamentos com Bitcoin e criptomoedas

O Presidente do MercadoPago destacou que a empresa de pagamentos Mercado Livre vai adicionar o Bitcoin e criptomoedas como método de pagamento do seu sistema. O presidente da fintech Osvaldo Gimenez disse que a empresa, todavia não oferece suporte ao pagamento de criptomoedas, porém que já estão estudando uma melhor forma para incorporar esta inovação.

O presidente da Fintech acredita que a decisão poderá ser revolucionária para as suas finanças, ver qual é a melhor forma e de que maneira se pode participar. O MercadoPago já estaria de olho em anúncios de grandes empresas como a CashApp e a Venmo que adicionaram o Bitcoin e outras criptomoedas.

MercadoPago está olhando para o Bitcoin com cautela

O MercadoPago está tomando todas as cautelas necessárias para então anunciar o Bitcoin como um método de pagamento oficial, seguindo a linha de raciocínio em nunca anunciar um produto antes de sua data de lançamento.

A integração de criptomoedas no MercadoPago é mais um passo na adoção de criptoativos pelas empresas unicórnios da América Latina. Em maio deste ano, o Mercado Livre realizou um comunicado à SEC sobre a compra de 7,8 milhões de dólares em Bitcoin. A Globant que é uma empresa de tecnologia argentina, também realizou um aporte milionário em BTC.

A compra de Bitcoin foi realizada como uma estratégia da Tesouraria da Empresa, incluindo o ativo digital como um ativo intangível e de duração indefinida para os cofres do Mercado Livre.

Mercado Livre já está vendendo imóveis em Bitcoin

Um pouco antes do anúncio da compra de criptomoedas, o Mercado Livre passou a habilitar o uso do Bitcoin para a sua seção de compra e venda de imóveis no mercado argentino, o que de fato aumentou muito a procura em um mercado tão inflacionado como o argentino.

Marcos Galperín que é o CEO e fundador do Mercado Livre, já anunciou em diversas oportunidades que possui Bitcoin em seu portfólio pessoal desde 2013, expressando em algumas oportunidades que o Bitcoin é uma reserva digital melhor que o ouro.

A popularidade do Bitcoin pode ser descrita pela facilidade em que se realizam as transações, para pessoas do mundo inteiro e de qualquer localidade, além de que a privacidade é mantida, algo que é tão procurado nos dias de hoje.

De que forma o Mercado Livre pode ajudar a divulgar as criptomoedas?

O salto das criptomoedas abriu espaço para que as criptomoedas buscassem um novo caminho nos setores e marcada principalmente pelas transações de alto valor. Pensando neste cenário, as imobiliárias já saíram na frente e buscaram fontes de lucro mais confiáveis, como na Argentina onde o Bitcoin já é amplamente aceito pela população.

Juan Manuel Carretero é Gerente de Negócios do Mercado Livre, realizou uma série de apresentações online sobre o assunto, contando com a participação de mais de 300 imobiliárias e professores do setor, a maior parte argentinos. Carretero enxerga com bons olhos a rede blockchain além da expansão do Bitcoin como uma reserva de valor. 

Total
1
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts