9 de outubro, 2019

|

por: Lucas Bassotto

|

Categorias: Bitcoin

Como funciona o preço do Bitcoin?

O preço do Bitcoin é determinado livremente através do mercado. Isto é, pessoas estão comprando e vendendo a todo momento. Quando mais pessoas estão comprando do que vendendo, o preço sobe. Se o contrário acontece, o preço cai. Ou seja, o preço do Bitcoin reflete a oferta e a procura.

O Bitcoin, por sua vez, é negociado em sites que reúnem o comprador e o vendedor. Esses sites são conhecidos como exchanges ou corretoras e funcionam como uma bolsa de valores, com pessoas comprando e vendendo 24 horas por dia.

Aliás, esse mercado é muito diferente do mercado financeiro. As negociações de Bitcoin ocorrem 24h por dia e todos os dias da semana. Enquanto isso, os pregões em bolsa de valores só ocorrem de 10h às 17h de segunda a sexta.

Leia também:

O que é Bitcoin e como funciona?

Carteira de Bitcoin: Qual é a melhor opção?

Qual é o lastro do Bitcoin? E os seus fundamentos?

Qual é o preço do Bitcoin? Depende

Não existe um preço único para o Bitcoin, porque ele é negociado em diferentes exchanges de forma descentralizada. O que muitos sites fazem é construir um índice considerando o preço em cada exchange e fazendo uma média de acordo com o volume negociado.

Além disso, existem três categorias de preços dentro de uma exchange: último, preço de compra e preço de venda. A diferença costuma ser pouca em grandes corretoras, mas pode ser significativa nas pequenas.

O último preço reflete o último negócio fechado na exchange, ele é utilizado como referência em muitos sites. O preço de compra significa o quanto uma pessoa disposta a comprar está oferecendo por 1 Bitcoin agora. O preço de venda significa o quanto uma pessoa que quer vender 1 Bitcoin neste exato momento.

Portanto, quando alguém te perguntar qual é o preço do bitcoin, você pode responder: qual preço? Compra, venda ou último? Geralmente há pouca diferença entre o preço de compra e o de venda, essa diferença é conhecida como spread.

Valor é diferente de preço

Já o valor do Bitcoin é algo mais subjetivo. Cada pessoa atribui um valor diferente para ele. Os preços na maioria das vezes estão refletindo o valor que o mercado está dando para o Bitcoin. Quando ele está sobrevalorizado ou subvalorizado, os preços “corrigem” essa avaliação.

O Bitcoin começa a apresentar características de reserva de valor. Isto é, ele pode ser um ativo que ao lado do ouro seja capaz de conservar seu valor com o passar do tempo. Isso acontece porque só vão poder existir 21 milhões de moedas em toda a história. Além disso, a cada 4 anos o número de moedas emitidas pelo sistema cai pela metade.

Ou seja, o Bitcoin é um ativo relativamente difícil de conseguir, o que o torna escasso. Ele também é resistente contra censura e confisco por parte de governos, pessoas e corporações. Por essa razão, muitos investidores passam a ver o Bitcoin como uma opção de proteção contra crises políticas, econômicas e monetárias.

Conclusão

O preço do Bitcoin pode apresentar uma grande variação ao longo do dia. Os investidores ainda estão tentando encontrar o seu real valor através de negociações no livre mercado. Essa oscilação de preços é conhecida como volatilidade.

Não existe preço único do Bitcoin. Ele pode variar de mercado para mercado ou de acordo com sua categoria: compra, venda e último. O valor do Bitcoin é diferente de preço. O valor diz sobre suas próprias características, e esse valor pode mudar de pessoa para pessoa.