24 de outubro, 2019

|

por: Lucas Bassotto

|

Categorias: Iniciante, Investimentos

Bull Market vs Bear Market: O que isso significa?

Provavelmente você já deve ter escutado esses termos em algum lugar. Bull Market e Bear Market são utilizados para classificar a tendência do mercado, assim como para observar o comportamento dos investidores. 

Esses termos também servem para classificar o viés de uma pessoa no mercado. Querendo ou não, algumas pessoas são mais pessimistas ou otimistas do que outras em relação a qualquer ativo.

Bull Market

O Bull Market é uma expressão utilizada quando o mercado está em alta. O preço das ações está subindo, investidores estão otimistas em relação ao futuro e tudo está indo bem. 

Atualmente, o Ibovespa está em um bull market, com as ações apresentando grande valorização e o mercado extremamente otimista com o futuro da economia brasileira.

bull market do ibovespa

Ibovespa em tendência de alta. Fonte: TradingView

Esse movimento de alta recebe o nome de “bull” para representar o movimento da chifrada do touro, que geralmente ocorre de baixo para cima. 

O investidor “bullish” é otimista em relação a uma ação ou um ativo específico. Suas projeções sempre apontam para alta de preços.

Bear Market

Se o Bull Market representa uma tendência de alta, o bear market ilustra o mercado em baixa. Esse mercado é caracterizado por baixas seguidas no preço dos ativos/ações e investidores muito pessimistas em relação ao futuro, nenhuma notícia boa é capaz de fazer o preço subir e animar investidores.

O Bear Market é uma referência à patada do urso, que sempre ocorre de cima para baixo. O investidor “bearish” é pessimista em relação ao mercado ou ativo em específico. Ele sempre projeta seguidas baixas de preço.

O Bitcoin, por exemplo, passou por um longo bear market em 2018. Investidores estavam extremamente desanimados e nenhuma notícia boa era capaz de animar o mercado.

bear market no bitcoin

Gráfico de Preço do Bitcoin em tendência de Baixa. Fonte: TradingView

Touros vs Ursos

Os Touros e Ursos batalham diariamente para determinar o preço de uma ação, bitcoin ou moeda. Quando a força de um dos lados é maior, o preço tenderá a se mover na tendência vencedora.

Por exemplo, o mercado entrará em tendência de alta se existem mais investidores bullish do que bearish, assim como o oposto. O choque entre as duas forças do mercado determina o preço do ativo. 

Existem algumas teorias a respeito da origem dos termos “bear” e “bull”, mas a de maior aceitação é a explicação do professor de Harvard Richard S. Tedlow. Segundo ele, as expressões refletem a forma como esses animais atacam suas presas:

  • A patada do Urso é um movimento que sai de cima para baixo, analogia a um gráfico no qual o preço das ações é descendente. 
  • Já a chifrada dos Touros é um movimento que sai de baixo para cima, assemelhando-se a um gráfico no qual o preço das ações é ascendente

Conclusão

Bear Market e Bull Market são as duas tendências que representam o sentimento do mercado. Investidores bullish estão otimistas com o futuro de um ativo, sempre optando pela compra. Investidores Bearish estão pessimistas e apostando contra.

As duas forças se colidem e formam os preços do mercado. Quando um lado se sobrepõe a outro, o preço sobe ou cai.

Leitura sugerida:

Como a taxa de juros afeta seus investimentos?

O que é Inflação? Por que ela importa para você?

Como funciona o preço do Bitcoin?

Entendendo o spread e o papel dos arbitradores