Volkswagen anuncia seu interesse no desenvolvimento de carros voadores

A Volkswagen está de olho no mercado de carros voadores, que hoje já é estudado com um foco para desenvolvimento na China, e mostra-se bastante interessada na sondagem de tornar possível que viagens pessoais sejam realizadas no futuro através dessa tecnologia, estudando novas possibilidades de se inserir nesse meio.

A ideia em si, que parece ser a princípio vista apenas em filmes de Hollywood, os carros voadores entram na mira da Volkswagen, em meio a um contexto de necessidade de inovação tecnológica que os próprios carros elétricos acabaram trazendo para as montadoras tradicionais.

Em comunicado oficial, a Volkswagen, que é a maior produtora de veículos da Europa, afirmou que depois da direção autônoma, a “direção vertical” é o próximo passo a ser explorado pelo setor automotivo, e nesse contexto, relatou seu desejo em iniciar os estudos e a viabilidade desse tipo de inovação.

No mesmo comunicado, a Volkswagen afirmou: “estamos investigando conceitos e parceiros em potencial em um estudo de viabilidade para identificar a possibilidade de industrializar essa abordagem”, referindo-se à procura de parceiros e de conhecimento sobre a produção de carros voadores na China.

A ideia de se procurar por isso justamente na China, está justamente na capacidade de uma maior demanda que a Volkswagen consegue ver em relação à venda de produtos associados a sua marca no país em detrimento aos demais.

Não à toa, a China apresenta o maior mercado de automóveis do mundo e, além disso, é o país que apresenta a maior concentração de número de clientes compradores de veículos da marca Volkswagen no mundo todo.

Veja também: Bill Gates financia projeto bilionário para “escurecimento do sol”

Nesse momento, a Volkswagen está focada em aumentar sua oferta de veículos elétricos, investindo fortemente no aumento da produção desse tipo de veículo que tem ganhado muita força nos últimos tempos, principalmente com a ascensão da Tesla, de Elon Musk.

Em 2020, o aumento anual de entrega de veículos elétricos foi 3 vezes maior do que em 2019. Além disso, a produção de carros híbridos aumentou cerca de 175% no mesmo período.

Os desafios para “chegar ao céu”

Obviamente, que os desafios que a Volkswagen enfrentaria em relação à inserção da empresa nesse mercado são enormes. Ainda não há uma preparação ou uma estruturação que permita os carros voadores competirem de forma segura o espaço com aviões e outros objetos voadores, como os drones.

Embora seja um segmento automotivo ainda pouco explorado, já se vê alguns avanços em relação a estudos, testes e principalmente o interesse de algumas empresas, que assim como a Volkswagen, pretendem alocar recursos em prol de investimentos como esses.

Inicialmente, alguns cargos de liderança da Volkswagen, em especial o chefe da Volkswagen na China, Stephan Wöllenstein, afirmam que a empresa já possui um planejamento para desenvolver um novo drone, e a partir disso, iniciar sua participação no mercado de mobilidade vertical no futuro através de novos projetos promissores.

A primeira demonstração pública de carro voador que foi feita por alguma empresa foi bem recente, e ocorreu em setembro de 2020 através da japonesa Sky Drive Inc. Os veículos voadores têm sido bastante explorados por algumas empresas em relação a sua viabilidade e estudos, entre elas, temos o exemplo da Uber e Hyundai, que já afirmaram seu interesse em desenvolver uma espécie de “táxi voador” no futuro.

Veja também: Setor elétrico: Ações defensivas a crises, lucratividade e bons dividendos

Total
14
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts