Tipos de esquemas com criptomoedas e como evitá-los

Tipos de esquemas com criptomoedas e como evitá-los

O mundo das criptomoedas e ativos digitais tem entrado de vez no cotidiano da sociedade. Com cada vez mais adesão das pessoas, as criptomoedas têm chamado atenção, inclusive de criminosos.

Eles têm tentado capitalizar a popularidade crescente das criptomoedas, usando táticas sofisticadas para enganar pessoas e tirar seu dinheiro. Essas táticas são popularmente conhecidas como “cryptocurrency scam”, ou esquema de criptomoedas.

Um esquema de criptomoedas é um tipo de fraude de investimento que envolve criminosos que roubam dinheiro de pessoas que desejam investir neste novo mundo de moedas digitais.

A maioria dos criptoativos ainda não são regulados pelas autoridades dos mais diversos países, o que dificulta o combate a estes tipos de golpes financeiros, bem como uma possibilidade de ressarcimento às vítimas.

Veja também: 59% dos brasileiros devem largar investimentos tradicionais e ir para criptomoedas em 2022

Tipos de esquemas de criptomoedas

Para tentar enganar as pessoas, os criminosos utilizam de diversos tipos de estratégias. Contudo, no geral, o objetivo é oferecer um conjunto de investimentos que possam trazer grandes retornos aos investidores. Abaixo, serão listados os principais golpes relacionados a criptomoedas.

Esquemas com participação de celebridades

Alguns fraudadores criam anúncios usando imagens ou vídeos de celebridades para promover seus investimentos com criptomoedas. Eles têm como alvo pessoas em plataformas de mídia social e afirma que figuras públicas e famosas participam e aprovam seu esquema de investimento.

Nesse sentido, os anúncios geralmente direcionam para sites de aparência profissional, onde tentam persuadir as pessoas a comprar investimentos inexistentes usando criptomoedas ou moedas tradicionais. Alguns fraudadores criam contas falsas, manipuladas por software, para parecer que o investidor esteja tendo algum retorno.

Essa é uma estratégia que encoraja o investidor a depositar mais dinheiro no esquema. Uma vez que ele aumenta sua posição, sua conta é fechada e os criminosos somem com o dinheiro. Em outros esquemas, criminosos desaparecem assim que recebem o primeiro pagamento, deixando os investidores de mãos vazias.

Esquemas de criptomoedas envolvendo phishing

Frequentemente, os golpistas entram em contato com as pessoas, de forma aleatória, através de e-mail, fornecendo uma oportunidade de investimento com criptomoedas “imperdível”. Estes e-mails, usualmente, direcionam para um site de aparência profissional, com mais informações sobre o esquema de investimento fraudulento.

Dessa forma, alguns pedem que o investimento seja feito com criptomoedas, enquanto outros pedem moeda fiduciária. Uma vez que o pagamento é recebido, os criminosos param de se comunicar com os investidores e, às vezes, derrubam o site para enganá-los.

Por outro lado, em outros golpes de phishing, os criminosos pedem que os investidores compartilhem sua chave privada, que é utilizada para proteger as carteiras de criptomoedas. Assim, eles podem acessar as contas pessoais dos investidores e roubar suas criptomoedas. Certifique-se de estar baixando as carteiras apenas de sites oficiais.

Com isso, se você já está registrado em algum site, os golpistas podem tentar criar clones utilizando suas informações de login. Sendo assim, é importante ficar atento ao nome do domínio, avaliando se é realmente o site que você busca acessar.

Veja também: Trader anônimo lucra R$ 40 mil em R$ 25 bilhões com investimento em Shiba Inu

Esquema de ICO

Um exit scam, ou, esquema de Initial Coin Offering (ICO), ocorre quando fraudadores fingem que criaram um tipo de criptomoeda, prometendo ser a próxima grande sensação. Além disso, também promete gerar grandes retornos, mas, na verdade, eles desaparecem com os fundos dos investidores.

Nesse sentido, um golpe comum do tipo é quando criminosos lançam uma nova plataforma de criptomoeda e compartilham material de marketing convincente para levantar dinheiro de investidores, geralmente na forma de uma Initial Coin Offering.

Uma vez que a quantidade de dinheiro coletada seja suficiente, os criminosos embolsam os investimentos, sumindo com os fundos dos investidores. Esses golpes são os mais comuns no mundo criptográfico. Os requisitos para listar uma criptomoeda são rasos e rastrear o fundo perdido costuma ser algo bastante complicado.

Este modelo de esquema está geralmente associado a um esquema de pirâmide, onde o dinheiro é gerado através da entrada de novos membros. Isso passa a ilusão de um investimento lucrativo. Embora alguns esquemas possam durar um período mais extenso, eles sempre começam e terminam da mesma forma, com os criadores da criptomoeda sumindo com os fundos dos investidores.

Esquema de mineração de criptomoedas

Algumas criptomoedas são criadas através de um processo chamado mineração, que envolve pessoas utilizando seus computadores, com grande capacidade de processamento, para resolver algoritmos matemáticos complexos. Isso requer bastante eletricidade para minerar uma única criptomoeda.

Nesse sentido, uma nova onda de plataformas de mineração têm surgido. Isso permite às pessoas minerarem criptomoedas sem a necessidade de ter um computador caro, bem como contas acumuladas. Contudo, criminosos vêm tentando tirar proveito disso, criando plataformas e aplicativos de software de mineração em nuvem que roubam criptomoedas dos mineradores.

Como escapar de esquemas de criptomoedas

Existem algumas medidas básicas para se proteger desses golpes. Certamente, tomando estas precauções, reduzirá a quase zero a chance de ser enganado por um esquema de criptomoedas. Abaixo, segue algumas das dicas mais recomendadas para evitar esquemas:

  • Proteger a carteira – é necessário uma carteira com chaves privadas para investir em criptomoedas. Se uma empresa pede para compartilhar as chaves privadas para participar de um investimento, certamente é um esquema fraudulento;
  • Ignore chamadas frias (cold calls) – caso o investidor seja contactado de forma aleatória sobre oportunidades de investimento em criptomoedas, muito provavelmente é fraude. Não compartilhar informações pessoais ou transferir dinheiro é uma premissa básica para não cair nesses golpes;
  • Muito bom para ser verdade – esquemas de criptomoedas costumam prometer altos retornos ao seu investimento inicial. Qualquer empresa que ofereça qualquer investimento de alto retorno e de forma rápida, é fraudulenta;
  • Evite anúncios de mídias sociais – criminosos costumam utilizar mídias sociais para anunciar oportunidades de investimentos fraudulentos em criptomoedas. Alguns até mesmo utilizam imagens de celebridades, esteja atento.

Conclusão

Investimentos de grande popularidade acabam atraindo atenção de criminosos que querem se aproveitar da pouca informação que diversas pessoas possuem sobre o assunto. Isso não é exclusividade das criptomoedas, inclusive, não torna o investimento nelas menos seguro, pelo contrário.

As criptomoedas são investimentos bastante seguros, inclusive, grande parte dos esquemas citados anteriormente, são aplicados da mesma forma para outros ativos financeiros. É necessário se informar bastante antes de tomar qualquer decisão de investimento, é a forma mais segura de não cair em qualquer golpe relacionado a investimentos.

Veja também: Investimentos em fundos de criptomoedas no Brasil acumulam R$ 2,7 bilhões

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts