Saiba como escolher um bom projeto de criptomoedas

Saiba como escolher um bom projeto de criptomoedas

Realizar bons investimentos nunca foi uma tarefa fácil. Existem diversas opções no mercado, títulos públicos, ações de empresas, debêntures, criptomoedas, etc. Todas estas opções podem vir a ser bons ou maus investimentos, dependendo de diversos fatores inerentes ao mercado.

Dessa forma, para ter mais assertividade em escolher um bom ativo para investir, é necessário estudar sobre ele e os fatores que influenciam no seu desempenho. Isso não é diferente na indústria de criptomoedas, mas alguns pontos a mais devem ser levados em consideração.

Por exemplo, a indústria de criptomoedas é relativamente nova, sendo assim, as informações disponíveis podem carecer de algum estudo técnico. Sendo assim, neste artigo irei mostrar os principais pontos para escolher um bom projeto de criptomoedas

Para que serve o projeto?

O fator mais importante a ser considerado é buscar entender os motivos pelos quais o mundo necessita do blockchain e em particular, das criptomoedas. A primeira questão que deve ser analisada é: A criptomoeda possui recursos únicos que resolvem problemas comuns? 

Este será o principal fator que determinará se a criptomoeda irá sobreviver ou não a primeira onda de adesão.

Sendo assim, é necessário identificar se o projeto resolve um problema real, garantindo que sua tecnologia seja única e que não venha a se tornar obsoleta em algum momento no futuro na indústria de criptomoedas.

Veja também: Lightning Network: Conheça o protocolo que levará o Bitcoin ao próximo nível

Leia o White Paper

O White Paper é um documento oficial escrito e publicado pela equipe de desenvolvimento do projeto criptográfico. Ele é responsável por introduzir e definir o projeto desenvolvido. Geralmente, o White Paper é o primeiro destaque que está disponível no site das criptomoedas.

Nesse sentido, o documento fornece ao investidor insights sobre os aspectos únicos utilizados pelo projeto criptográfico, bem como os motivos pelo qual a criptomoeda foi criada e uma explicação de suas funcionalidades e possibilidades de forma simplificada. Além disso, há a disponibilização de um roadmap, indicando os próximos passos do projeto para o futuro.

Importante observar que, apesar de reunir grande parte das informações sobre a criptomoeda, o White Paper não é uma evidência adequada da credibilidade de um projeto, tendo em vista que o mesmo é elaborado por seus criadores. Sendo assim, é necessário buscar opiniões de terceiros, especialmente de investidores e analistas experientes.

Estes possuem o conhecimento necessário para diferenciar se um projeto é legítimo ou fraudulento. Dessa forma, embora ler o White Paper seja importante, não se deve acreditar totalmente nele. Sempre busque outras opiniões para fundamentar sua decisão.

Além disso, é importante checar que as informações contidas no White Paper, bem como seu roadmap estão sendo executadas, se há atrasos nas atualizações ou se há mudanças na equipe de desenvolvedores. 

Veja também: 59% dos brasileiros devem largar investimentos tradicionais e ir para criptomoedas em 2022

Volume de liquidez e capitalização de mercado

Um bom indicador de uma criptomoeda que possui credibilidade é seu volume de transação nas exchanges. De forma mais simples, um alto volume de negociação em uma criptomoeda em particular significa que investidores estão demonstrando seu interesse, através de diversas ordens de compra e venda.

Nesse sentido, essas informações podem ser encontradas em sites como  Tradingview, onde os usuários podem acompanhar o volume transacionado da criptomoeda em todo o seu período de tempo, bem como conferir sua cotação em tempo real. Em resumo, é importante que as criptomoedas possuam alta liquidez. Baixa liquidez significa que o mercado se move devagar, onde um único movimento pode causar uma grande alteração no preço. 

Além disso, enquanto a capitalização de mercado é um parâmetro relativamente estável no mercado tradicional de ações, isso não funciona da mesma maneira quando o assunto são criptomoedas. O motivo é que, muitas vezes, o número total de criptomoedas disponíveis não se encontra disponível para negociação. Tendo em vista que, muitos investidores as seguram, sem intenção de vender.

Sendo assim, por conta do fator oferta e demanda, onde  somente uma pequena fração do número total de criptomoedas está em circulação no mercado, isso acaba resultando em uma alta inflação do preço de alguma criptomoeda em questão. Por essa razão, é de extrema importância estar atento a estas questões ao verificar esses indicadores.

Veja também: Universidade dos EUA aceitará Bitcoin como método de pagamento

Presença nas mídias sociais

De forma similar as Initial Coin Offer (ICO), o investidor pode e deve julgar a credibilidade de uma criptomoeda por meio da presença da equipe de desenvolvimento e da transparência nas mídias sociais. 

Antes de trocar seu dinheiro fiduciário por moedas digitais, você pode entrar em contato com os membros da equipe através dos contatos do site. Nesse sentido, sua capacidade de resposta e presteza fornecerão alguns insights úteis sobre a confiabilidade e organização do projeto criptográfico. 

Além disso, você terá a oportunidade de ter suas questões respondidas. O Slack, Bitcointalk e Reddit também podem ser boas fontes de informação. Nessas plataformas, investidores experientes compartilham suas opiniões e conhecimentos sobre os mais diversos projetos de criptomoedas

Por fim, uma experiência de comunicação negativa da equipe de desenvolvimento com potenciais investidores, irá acender um alerta sobre a credibilidade do projeto.

Veja também: Facebook aposta no futuro do metaverso. Entenda o que é e qual sua importância

Conclusão

Embora as novas altcoins de baixo preço atraiam diversos investidores, principalmente devido ao aparente potencial de ganhos, escolher um projeto com base apenas em seu preço não é uma boa ideia. 

Usualmente, o crescimento extremo de um ativo em um curto período de tempo pode representar uma movimentação maliciosa do mercado,  chamada “pump and dump”. Estes golpes acontecem quando os criadores do projeto inflam o preço da criptomoeda intencionalmente com intuito de atrair investidores.

Uma vez que há um número significativo de investidores, eles realizam a liquidação de todas as suas posições e abandonam o projeto. Como resultado, o preço da criptomoeda tende a se desvalorizar no mercado, deixando, em muitos dos casos, o investidor sem nada. 

Em suma, como a maioria das altcoins não irão ter longevidade, tomar uma decisão informada mitiga os riscos ao investir em criptomoedas. Esse é o motivo pelo qual estudar e ter a maior quantidade de informação disponível é tão importante ao investir. 

Veja também: Como o mercado de criptomoedas vem se tornando ESG

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts