Nubank compra Easynvest e irá oferecer investimento em Bitcoin; Veja!

Nubank compra Easynvest e irá oferecer investimento em Bitcoin; Veja!

Se tem uma coisa boa que a fintech Nubank trouxe ao público brasileiro em geral, foi a facilidade de controlar os seus investimentos na palma da mão e deixar para trás aquele sistema financeiro antigo e burocrático, com a cobrança de taxas abusivas. E cada vez mais, o Nubank se coloca como uma instituição financeira consolidada.

Nesta semana o mercado brasileiro ficou inteirado de que Nubank e a corretora Easynvest anunciaram uma parceria para integrar as suas marcas e serviços. E depois desse anúncio, estamos prestes a ver um dos maiores bancos digitais da América Latina começar a oferecer investimentos em criptomoedas.

Easynvest já contava com opções de investimento em Bitcoin

Para quem já utilizava a Easynvest, o anúncio não é uma novidade, pois na plataforma da corretora já existe uma opção de investir em Bitcoin: o ETF de Bitcoin da QR Capital (QBTC11). E esse anúncio pode atrair ainda mais investidores para a Easy, visto que o público do Nubank é um dos maiores do Brasil, com 35 milhões de clientes.

“Bitcoin é uma forma única de dinheiro digital, sendo uma tecnologia inovadora e que está em pleno desenvolvimento. Na Easynvest, já temos um ETF de Bitcoin. Funciona como um ETF normal, mas como um ativo que dá sequência à criptomoeda Bitcoin”, informou a corretora.

Relação da Nubank com Easynvest

As negociações entre Nubank e Easynvest já estavam acontecendo desde setembro de 2020, sendo concluídas mais recentemente. As marcas já anunciaram a conclusão de suas integrações e com o objetivo de facilitar ainda mais a forma com que os seus clientes investem, sem deixar dúvidas.

As operações vão acontecer integralmente na Internet, com o novo nome da marca, agora Easynvest by Nubank. A Easynvest conta atualmente com 1,6 milhões de clientes e com R$ 25 bilhões em ativos. O CEO da corretora, Fernando Miranda, é quem será o líder e responsável por gerenciar toda a área de investimentos.

Várias opiniões surgiram nesta semana em redes sociais sobre como o Nubank precisaria levar os investimentos daqui para a frente, principalmente em relação à renda variável. E o que mais vemos, é que o público geral considera o Nubank um atraso em opções fora do mercado tradicional. Isso deverá mudar agora com a parceria estabelecida.

XP também pretende entrar no universo das criptomoedas

Além do Nubank, a XP é outra gigante do mercado brasileiro que pode estar se preparando para ingressar no mercado de criptomoedas. No passado os seus sócios até tentaram um projeto similar, a XDEX, porém sem sucesso, a corretora de criptos foi encerrada.

Quem voltou a debater o assunto recentemente foi o fundador da XP, Guilherme Benchimol, que destacou o sucesso do mercado cripto no país, ainda mais durante o período da pandemia.

Segundo o apurado, a XP só não entrou antes no mercado de criptomoedas devido a um veto do Itaú, banco que tem a maior parte das ações diretas da XP. Nubank no mercado de criptomoedas, será que podemos esperar bons resultados? 

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts