MetaSoccer, a mistura do metaverso com o futebol

MetaSoccer, a mistura do metaverso com o futebol

Jogos em blockchain se tornaram uma indústria de sucesso e repleta de oportunidades de investimentos. A inclusão do conceito de metaverso permite que as pessoas se juntem à diversão e tenham acesso a experiências de jogo envolventes. Após o lançamento de Axie Infinity, muitas empresas tentaram recriar uma experiência de jogo play-to-earn semelhante.

Dessa forma, a Champion Games entrou na indústria com um projeto novo e bastante promissor, chamado MetaSoccer. Embora ainda não tenha sido lançado, o jogo arrecadou US$2 milhões em sua initial coin offering. O dinheiro fará com que o jogo possa sair do papel.

A proposta do jogo é combinar a estrutura do metaverso com futebol, utilizando o já conhecido modelo play-to-earn, presente na indústria de games blockchain. Este modelo permite aos jogadores ganharem dinheiro enquanto jogam. O pagamento é feito através de criptomoedas, o que aumenta o engajamento do jogo.

No entanto, diferente de outros jogos de futebol, o MetaSoccer tem como proposta não ser um jogo de futebol clássico, onde os times jogam campeonatos nas Américas, Europa e Ásia, necessitando de acordos de licenciamento de clubes reais.

Com isso, o jogo planeja, através da tecnologia dos tokens não fungíveis (NFT), permitir aos usuários criarem seus próprios times com estrelas virtuais. Dessa forma, em vez de ser uma versão digital dos times do mundo real, o jogo pretende começar a criar estrelas do esporte no metaverso.

Veja também: Conheça Alien Worlds, o segundo maior jogo DApp 

A mecânica de MetaSoccer

MetaSoccer, a mistura do metaverso com o futebol

No MetaSoccer, os usuários podem criar diversos ativos, desde times e jogadores até estádios. O jogo vem sendo desenvolvido na blockchain Polygon (Matic) e seu token nativo irá se chamar MSU. A proposta do jogo é que os usuários criem seus próprios avatares que podem se tornar bons jogadores de futebol do metaverso.

Dessa forma, os jogadores são os treinadores de seus próprios times, com isso, fazem dinheiro não somente jogando, mas também vendendo seus jogadores. Além disso, os jogadores podem encontrar patrocinadores para seus clubes ou alugar seu estádio para outros jogadores.

Assim como na vida real, no jogo, os jogadores ficam velhos e se aposentam. Portanto, é necessário possuir olheiros para que estes procurem por novos talentos. Os olheiros também são personagens NFT. Eles também aprendem com a experiência, podendo encontrar melhores jogadores à medida que seu trabalho se torna melhor.

Com isso, é possível participar no universo de MetaSoccer de duas formas. A primeira é como um Owner (Proprietário), onde o jogador será responsável por gerenciar o clube e lidar com contratação e gestão de pessoal, descoberta de novos jogadores, assinatura e venda, bem como o gerenciamento financeiro. A principal função do Owner é equipar o time com os melhores talentos, o levando ao mais alto nível.

Por outro lado, como um Manager (treinador), o jogador estará responsável pela área de esportes. Sua responsabilidade será maximizar o potencial dos jogadores através de um plano de treino adequado, preparando a estratégia para cada partida, mantendo os jogadores nas melhores condições e humor possíveis. O jogador será responsável pelas conquistas esportivas do clube. 

Token MSU do MetaSoccer

O MetaSoccer Universe ($MSU) é o token nativo do jogo, baseado no token ERC-20. Ele é utilizado para realizar as principais ações do jogo, também será acompanhado de um token secundário, que será utilizado para realizar ações menores no universo de MetaSoccer.

Além disso, segundo a desenvolvedora do jogo, para manter um metaverso sustentável, que permite a adoção de longo prazo pelos usuários, a equipe implementou uma Token Bonding Curve (TBC). Isso permite que haja um maior controle sobre o suprimento de tokens, onde, continuamente, são criados e queimados, junto a uma função matemática.

Veja também: Initial Dex Offering (IDO), captando recursos de forma descentralizada

Como funciona o play-to-earn em MetaSoccer

MetaSoccer, a mistura do metaverso com o futebol
MetaSoccer, a mistura do metaverso com o futebol

Para gerar renda ao jogar MetaSoccer, é necessário que os jogadores passem a jogar o modo “Play”. Este modo é para jogadores em desenvolvimento que estão prontos para vencer partidas oficiais contra outros usuários. Gerar receita é possível através da vitória de todos os tipos de partidas e ligas.

Dessa forma, você pode gerar bastante receita para o clube ao jogar e ganhar a maioria das partidas. Como os ativos do jogo são NFTs, isso significa que os usuários são os proprietários únicos dos ativos ganhos através do MetaSoccer. Estes NFTs têm como base o padrão ERC-721.

Como foi dito anteriormente, o MetaSoccer utiliza o modelo play-to-earn, que também foi utilizado pelo Axie Infinity, consagrado por milhões de fãs. Dessa forma, os ganhos do jogo são pagos em MSU (MetaSoccer Universe), onde o token é necessário para realizar as seguintes contribuições:

  • Ganhar partidas oficiais contra outros usuários ou até mesmo contra a inteligência artificial durante uma partida amistosa;
  • Vender jogadores NFT procurados e achados pelos olheiros;
  • Ganhar receita através de patrocínio e publicidade.

Além disso, ser um detentor de token MSU abre novas oportunidades para todos os usuários à medida que eles participam do processo de governança do MetaSoccer. Os benefícios incluem:

  • Oportunidade de testar novos recursos;
  • A chance de votar em importantes decisões de governança;
  • Acessar lançamentos exclusivos de NFT assim que acontecem.

Conclusão

O MetaSoccer é um jogo play-to-earn do universo do futebol, desenvolvido em blockchain. O jogo nasceu com a intenção de ser um ponto de partida para um novo paradigma do ecossistema do futebol, de forma descentralizada, tendo participação ativa em diversos sentidos.

Nesse sentido, o universo de MetaSoccer é uma combinação de um impacto global de US$ 3 bilhões, envolvendo jogos, futebol e apostas em esportes, todos combinados pela tecnologia blockchain e NFT. O MetaSoccer faz parte de uma nova geração de jogos, nos quais os usuários podem ganhar criptomoedas através de suas contribuições para o ecossistema.

Sendo assim, para atingir os objetivos da companhia em 2022, a equipe de desenvolvimento pretende finalizar o desenvolvimento do jogo, mas, para isso, é necessário contratar talentos globais, que se destaquem no desenvolvimento de blockchain.

Por fim, a MetaSoccer vem, também, priorizando estratégias de marketing para atrair um público relevante que compõe cerca de 40% da população global. Este público e usuários são entusiastas de futebol e blockchain que estão interessados em gerar receitas diárias enquanto aproveitam uma experiência de jogo divertida.

Veja também: Altcoins: Entenda o que são e como funcionam

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts