Jogador da NFL converte todo o seu salário em Bitcoin

Jogador da NFL converte todo o seu salário em Bitcoin

Acompanhando o aumento da adoção do criptoativo em todo o mundo, o jogador da National Football League (NFL) anunciou que irá receber o seu salário integralmente em Bitcoin.

Sean Culkin, com 27 anos, jogador do Kansas City Chiefs, se tornará o primeiro atleta da liga de futebol americano a converter todo seu salário em Bitcoin. O mesmo receberá o pagamento de US $920 mil pela equipe e posteriormente realizará a conversão para a criptomoeda.

A estratégia de Culkin

Em entrevista para a ESPN dos Estados Unidos, Cunning diz que seu foco é o longo prazo e toda a sua decisão foi tomada somente após ter analisado seriamente seus ativos atuais e possíveis despesas futuras.

“Terão grandes retrocessos e quedas, e as pessoas provavelmente vão dizer que estou louco, mas estou me concentrando no longo prazo. O longo prazo é um valor armazenado e o que torna o Bitcoin tão intratável é sua escassez. Com o passar do tempo, ele é deflacionário por natureza. Se você olhar para a história, ele se valoriza com o tempo”, diz o jogador.

Veja também: PayPal afirma que demanda por criptomoedas foi maior do que se esperava

De acordo com informações, o atleta irá converter seu salário em uma plataforma chamada Zap, desenvolvida pela Strike, aplicativo de pagamentos que utiliza a tecnologia Blockchain, permitindo que os seus usuários realizem pagamentos em Bitcoin usando uma conta bancária ou cartão de débito.

“Considerando a minha carreira, especialmente suas demandas físicas e sua brevidade, faz mais sentido, do ponto de vista lógico, ser pago na forma mais forte de moeda, o qual acredito que protege o poder de compra ao longo do tempo”, disse Culkin em uma declaração, se referindo as  pressões inflacionárias no ambiente econômico atual.

Além disso, Culkin se juntou à liga em 2017, após jogar pela University of Missouri, onde ele também estudou finanças.  Em 2020, Culkin foi aceito na Escola de Administração Kelley, onde atualmente está matriculado.

“Do ponto de vista macro, acredito que estamos no estágio inicial da mudança do Bitcoin em ser uma criptomoeda extremamente especulativa para se tornar uma classe de ativos legítima vista como uma reserva de valor.”, complementou o jogador.

Outras atletas apoiam o Bitcoin

Apesar do fato, Culkin é um dos vários atletas que estão convertendo seus salários em Bitcoin.

O jogador do Carolina Panthers Russell Okung também converte uma parte do seu salário em Bitcoin,  também utilizando o aplicativo Strike, desde dezembro de 2020. Em uma publicação em sua página do Twitter, o atleta do Kansas City Chiefs relatou que acredita inteiramente que a criptomoeda seja o futuro das finanças.

Preço do Bitcoin

O Bitcoin tem sido consistente, com uma boa recuperação em frente a recente queda para os US $47.000,  que ocasionou um grande desespero em muitos dos investidores, no entanto, ao recuperar a posição, em certo momento, acima de US $60.000, a criptomoeda conseguiu reafirmar ao mercado que há ainda muito potencial de recuperação e que talvez até possa quebrar novos recordes históricos.

Em suma, no momento em que este artigo é escrito, o Bitcoin está sendo negociado em US $54,931, com alta de 2,51% nas últimas 24 horas, conforme os dados da plataforma do Coinmarketcap.

Veja também: Criptomoedas mineradas no Irã poderão pagar importações no país

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts