26 de setembro, 2019

|

por: Lucas Bassotto

|

Categorias: OTC

Investimento para iniciantes: por onde começar?

Esse post vai separar o melhor investimento para iniciantes. Ao contrário do que muitos imaginam, ter dinheiro aplicado em diversos produtos não é coisa de rico. 

Para tudo na vida se tem um começo. O primeiro passo é gastar menos do que ganha, o que é o básico da educação financeira. Cumprida a regra de ouro e feito o planejamento financeiro, podemos partir para a próxima etapa: reserva de emergência

A reserva de emergência é de 3 a 6 meses do salário mensal. Ela vai te dar segurança para começar a investir com mais consistência. 

Feito isso, podemos partir para os investimentos, do risco baixo até o risco moderado. Para falar a verdade, não existe o “melhor investimento”, porque isso depende muito do perfil da pessoa. Isto é: idade, momento de vida e por aí vai.

Qual o melhor investimento para iniciantes? Renda fixa

A Renda Fixa é o segundo investimento favorito dos brasileiros, perdendo apenas para a poupança. Os chamados títulos de renda fixa pagam uma remuneração em juros mensais sobre o dinheiro aplicado.

Os brasileiros gostam porque o risco é baixo. Por ser de baixo risco, ele acaba sendo o melhor investimento para iniciantes.

Contudo, a sua remuneração não é das melhores. Os principais títulos de renda fixa são emitidos pelo governo federal ou por alguma instituição financeira (geralmente bancos). 

Os emissores do título pegam seu dinheiro emprestado e te remuneram com juros. O governo federal emite títulos (tesouro direto) para financiar as públicas (obras, programas sociais, orçamento). Já o banco, emite títulos (CDB, LCI/LCA) para dar “giro” às suas operações diárias.

renda fixa

Funcionamento da Renda Fixa

Caso queira se aprofundar em renda fixa, confira: O que é Renda Fixa? Fuja da poupança

Títulos pós-fixados

Quase todos os títulos pós-fixados funcionam da mesma maneira: a remuneração deles é feita em cima de algum índice da economia (juros ou inflação).

O Tesouro Selic, por exemplo, paga a taxa de juros da economia (Selic) por mês ou semestre até o prazo de vencimento do título. A Selic está em 5,5% ao ano.

O Tesouro IPCA paga uma porcentagem fixa mais a inflação (IPCA) do período. Vale lembrar que esses índices podem mudar a qualquer momento. Logo, o rendimento final desses títulos é desconhecido.

Títulos pré-fixados

Chamamos de títulos pré-fixados aqueles em que você já sabe quanto vai ganhar ao final da aplicação. 

Por exemplo, se um investimento de renda fixa falar que vai pagar 9% ao ano até 2030, você saberá o quanto precisa

Existem também fundos de investimento com Renda Fixa. Eles combinam vários títulos de renda fixa para tentar oferecer um rendimento melhor. Contudo, é preciso cuidado com a taxa de administração e performance cobradas por esse fundo. 

Poupança vs Tesouro Direto

O Yubb é um simulador que te ajuda a encontrar os melhores títulos de renda fixa. Fiz uma simulação de R$ 5.000,00 investidos por 12 meses no Tesouro Direto IPCA+ que vence em 2035.

tesouro direto vs poupança

Investimento em Tesouro Direto. Fonte: Yubb

Apesar de parecer pouco, o retorno do investimento em um ano foi de 5,97% ou R$ 298,52. A mesma quantia aplicada na poupança por 1 ano renderia apenas R$ 165,13 ou 3,30%.

poupança vs tesouro direto - o melhor investimento para iniciantes

Retornos da Poupança e do Tesouro Direto. Fonte: Yubb.

Ou seja, você conseguiu quase o dobro do rendimento com o mesmo risco da poupança: muito baixo. É por isso que a poupança não é um bom investimento.

Como investir?

Mas onde investir em títulos de renda fixa? O primeiro passo: tenha uma conta bancária em seu nome. 

Você vai precisar de conta bancária para transferir seu dinheiro para uma corretora de valores, que é o lugar onde você vai realizar seus investimentos. 

A opção mais fácil: Warren

Se você está começando agora, recomendo investir por um lugar: Warren. Ele é um aplicativo que faz todo o trabalho de investir para você. A vantagem é que ele aceita boletos.

Você pode definir objetivos para seus investimentos e o Warren seleciona as melhores opções para atingir aquela meta definida.

Ele te faz algumas perguntas e automaticamente determina qual é o melhor investimento para seu perfil de investidor.

Você cria uma conta, faz seu o seu perfil de investidor e deposita dinheiro na conta da corretora. O saldo será creditado em sua conta e você vai poder investir seu dinheiro na Renda Fixa. 

Opção mais difícil: Corretora de valores

As corretoras tradicionais também são uma boa opção para quem quer mais autonomia. A Clear, Rico Investimentos e a Mutual. De todas as opções, a Clear é a que oferece as taxas mais baratas.

Apesar de ter mais autonomia, o primeiro contato com o home broker (a plataforma para investir) pode ser um pouco difícil para quem está começando. 

Dicas de investimento para inciantes

Pensar a longo prazo é essencial para melhorar seu rendimento na renda fixa. Ela paga em juros compostos. O poder dos juros compostos só pode ser observado com o passar do tempo. Portanto, renda fixa não é investimento de curto prazo. 

A não ser que você tenha muito dinheiro para investir, ninguém fica rico do dia para noite em renda fixa. É um tipo de investimento a longo prazo, para se investir um pouco todo mês e ver os retornos somente nos próximos anos.

Renda variável

O segundo passo é para quem quer procurar rendimentos melhores. Nos últimos anos a taxa de juros no Brasil vem caindo. Isso diminui a rentabilidade dos títulos de renda fixa. 

Por conta disso, muitas pessoas estão procurando o mercado de renda variável, na maioria das vezes o mercado de ações.

O nome já diz tudo: o valor investido está sujeito às variações de preço do mercado. Se você compra dólar a R$ 3,00 e ele sobe para R$ 3,30, você terá 10% de lucro. Mas se ele cair de R$ 3,00 para R$ 2,70, você perderá 10%. 

O mesmo se aplica para ações, bitcoin, fundos imobiliários, commodities e fundos multimercado. 

O preço desses ativos é cotado no mercado financeiro (bolsa de valores) e está sujeito à variação por diversos fatores. Essa variação também é conhecida como volatilidade.

No mercado de renda variável, a volatilidade é uma constante, ou seja, sempre tem. Maior volatilidade representa maior risco, assim como maior possibilidade de ganhos. 

É por isso que recomendo colocar de 5 a 20% dos seus investimentos em mercados de renda variável, como forma de garantir um menor risco para sua carteira de investimentos. 

Pode ser útil:

Como investir na bolsa de valores de forma simples?

O papel do Bitcoin em uma carteira de investimentos

Conclusão

Começar a investir é muito fácil nos dias atuais. Os aplicativos de investimento facilitaram muito a vida de quem já está começando. O próprio Warren já consegue entender o perfil da pessoa e determinar as melhores opções de acordo com o objetivo.

A renda fixa é o melhor investimento para iniciantes. Com o passar do tempo, recomendo procurar investimentos de renda variável para melhorar o potencial de rentabilidade da sua carteira.

Evento

Confira o Meetup da Nox Bitcoin no próximo dia 1 de outubro. João Paulo Oliveira vai ensinar como montar uma fazer diversificação em investimentos.

O evento está marcado para 19h30 em São Paulo, Av. Rebouças – 1585.

O ingresso custa R$ 45,00, comida e bebida estão inclusas. Utilize o cupom INVESTIFICAR para obter 25% de desconto.

Link para inscrições: https://www.sympla.com.br/como-comecar-a-investir-na-bolsa-de-valores—talk-fintech-e-investimentos__650345fintechs e investimento para iniciantes