Cerca de 3/4 do suprimento de Bitcoin agora está ilíquido; Entenda!

Cerca de 3/4 do suprimento de Bitcoin agora está ilíquido; Entenda!

Os mercados de Bitcoin vêm se tornando mais sólidos desde o início do ano, com isso as métricas da rede estão pintando um quadro mais otimista à medida que mais ativos estão se tornando ilíquidos. Ativos ilíquidos são investimentos que você tem uma dificuldade muito grande, ou simplesmente, não consegue transformar em dinheiro.

De acordo com o provedor de análises on-chain Glassnode, as métricas de fornecimento de Bitcoin fornecem uma visão melhor das macrotendências de longo prazo. Os dados destas análises foram divulgados em seu relatório semanal na última segunda-feira (03). Embora a criptomoeda não tenha alcançado a marca dos 100 mil dólares em 2021, muitos acreditam que a alcance os 6 dígitos até o final do ano, demonstrando um bom cenário para o mercado.

A criptomoeda foi considerada como a maior proteção contra a inflação no ano passado. Porém, por mais esperado fosse chegar aos 100 mil dólares em 2021, a moeda parou nos 69 mil e começou a recuar, mostrando que talvez não era o momento mais apropriado para tal aposta.

Detalhes da análise

Segundo a Glassnode, as descobertas revelam que, embora o ativo tenha sido negociado oscilando até agora neste ano, mais BTC se tornou ilíquido. Dada essas circunstâncias, houve uma aceleração do crescimento da oferta ilíquida, que hoje representa mais de três quartos, ou 76%, do total da oferta circulante.

A Glassnode define como iliquidez quando o BTC é movido para uma carteira sem histórico de gastos. Com isso, o fornecimento de líquidos BTC, que representa 24% do total, está em carteiras que gastam ou são negociadas regularmente, como exchanges e Hot Wallet.

“Podemos ver que nos últimos meses de 2021, mesmo com os preços corrigidos, houve uma aceleração das moedas de liquidez para carteiras sem liquidez”, informa a Glassnode. Além disso, ao analisar os dados, os números sugerem que mais Bitcoins estão sendo transferidos para o armazenamento, indicando um aumento nos hábitos de hodling e acúmulo. Este declínio na oferta de alta liquidez também sugere que pode não haver um grande evento de venda ou capitulação em qualquer momento no futuro próximo.

Conclusão dos pesquisadores

De acordo com os pesquisadores é possível concluir que essas condições indicam uma certa “divergência entre o que parece ser uma dinâmica de fornecimento construtiva na cadeia, em comparação com a ação do preço de baixa para neutra”.

Ainda assim, no mesmo relatório, Glassnode afirmou que a oferta total mantida por detentores de longo prazo estagnou ao longo do mês passado. Este cenário sugere que os investidores de longo prazo pararam de gastar ou vender moedas e se tornaram hodlers ou mesmo acumuladores nesta fase. “Isso fornece outra visão construtiva da convicção do mercado”, concluiu.

A oferta atual mantida por detentores de longo prazo é de 13,35 milhões de Bitcoin, um declínio de apenas 1,1% em relação à alta que ocorreu em outubro, essa foi 13,5 milhões de BTC. A Glassnode define esses detentores de longo prazo como carteiras ou contas que mantiveram seus Bitcoins por mais de 155 dias.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts