Analista aponta que a segunda fase de alta do Bitcoin já começou

100 bitcoins do tempo de Satoshi Nakamoto são movidos pela primeira vez

100 bitcoins do tempo de Satoshi Nakamoto foram movimentados recentemente. Devido a grande valorização do Bitcoin, existe uma demanda para que esses 100 bitcoins sejam mostrados para se evitar qualquer tipo de suspeita de possível lavagem de dinheiro. Isso acontece porque uma pessoa pode comprar uma chave privada que tenha o acesso a uma carteira que realizou a mineração de BTC quando este quase não tinha valor.

Sendo assim, foram registradas duas transações de 50 bitcoins cada e é possível notar muitas semelhanças. Ambas foram mineradas de blocos lá em 2010, ficando paradas por mais de 10 anos e então foram movimentadas.

Devido às circunstâncias do período da mineração, além do fato de terem ficado 11 anos paradas, é bem provável que essas moedas pertençam ao mesmo minerador. Porém, não existe conhecimento da real identidade deste minerador.

Bitcoin não pertencem a Satoshi Nakamoto

De acordo com informações que vieram da página The Satoshi´s Bags Tracker, que é um site destinado a rastrear endereços de mineração, estes endereços não pertenciam ao criador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto.

A primeira transação teria ocorrido na última sexta-feira (22), em que os 50 BTCs estavam parados na carteira desde que eles foram recebidos como recompensa pela mineração no dia 17 de maio de 2010.

O detalhe mais chamativo é que na época da transação, esses 50 BTCs valiam apenas 50 centavos de dólar, na época um pouco mais de 1 real.  Bom, hoje essa quantidade já é equivalente a 3,1 milhões de dólares.

Outra transferência também deve pertencer ao mesmo minerador

É bem provável que o outro caso também pertença ao mesmo minerador, já que estes bitcoins foram minerados apenas dois meses após a mineração dos primeiros 50 bitcoins que foram movimentados.

Também ficaram 11 meses parados, com ambas as recompensas sendo movidas em um período de diferença de apenas dois dias.Nesse outro caso, os 50 bitcoins minerados já estavam valendo 2,5 dólares na época ou 4 reais.

Porém na data da última movimentação, no último domingo 24, os mesmos 50 bitcoins já estavam valendo 3 milhões de dólares. Devido a sua grande valorização, existe uma demanda para que esses bitcoins sejam vistos e para não se ter mais nenhuma dúvida de que eles poderiam ser utilizados para a lavagem de dinheiro.

Compra de chaves privadas

Após uma pessoa realizar a compra de chaves privadas de uma carteira de bitcoin, ele pode transferir esses BTCs para utilizar dólares ou então para a moeda do seu país, declarando que você ganhou esse dinheiro honestamente.

Porém vale lembrar que essa é apenas uma hipótese e que existiriam outras, como que o minerador pode ter encontrado as suas chaves privadas após ter procurado as mesmas durante um longo tempo ou então não ter tido a necessidade de movimentar todo esse dinheiro nos últimos anos.

O que sabemos também é que o Bitcoin segue se valorizandoe após ter rompido a barreira dos US$ 60 mil na última semana, não perdeu força e segue cotado acima dessa marca, no momento em US$ 62 mil.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts