Valor do Bitcoin já é 233% maior do que o PIB do Brasil

Valor do Bitcoin já é 233% maior do que o PIB do Brasil

Com o Bitcoin se consolidando acima de US$ 50 mil, e com o MarketCap atingindo R$ 4,9 trilhões, o BTC já têm um valor de 233% maior do que o PIB do Brasil, que está em queda, diminuindo o poder de compra dos brasileiros em relação à vários países.

A comparação entre o Bitcoin e o PIB é ainda mais surpreendente quando pensamos em tudo que é produzido no Brasil: isso vai desde carne, grãos, frutas, geladeiras, carros, máquinas e muito mais. De acordo com o IBGE, apenas no segundo semestre deste ano, você irá perceber na calculadora um pouco mais de R$ 2,1 trilhões.

O Bitcoin e criptomoedas movimentam tanto dinheiro assim?

Para muitas pessoas pode até parecer, mas tanto para o Bitcoin como outras criptomoedas o valor total de capitalização de mercado não é tão expressivo ainda. O mês de setembro começou em alta, principalmente com a Solana que continua quebrando recordes.

E com a alta do Bitcoin que se aproxima de US$ 52 mil, o valor apenas do Bitcoin já é de 22% maior do que o atual PIB do Brasil. Isso significa que nem que se juntasse todos os produtos que geram a riqueza do Brasil seria suficiente para comprar todos os bitcoins existentes.

De outro lado, se o Bitcoin fosse uma empresa, poderia comprar todas as riquezas do Brasil e inclusive ainda sobraria metade desse dinheiro. E inclusive não é apenas o BTC, mas também a criptomoeda Ethereum já supera o PIB do nosso país, com um valor total de mercado avaliado em R$ 2,3 trilhões, 200 bilhões a frente do PIB nacional.

Detalhes de como o PIB do Brasil está caindo

O resultado do PIB foi divulgado recentemente pelo IBGE, com um recuo de -0,01 no segundo trimestre deste ano. O resultado ficou abaixo até mesmo das previsões do mercado, que já eram baixas e previam um aumento de apenas 0,2% no período.

Alguns setores até contribuem para a renda do brasileira e obtiveram altas, como o setor de serviços, que cresceu 0,7%. No acumulado do ano, alguns setores chegaram a crescer até 10%.

De acordo com o economista-chefe da Invest Smart, Felipe Nascimento, o maior destaque está na redução da Formação Bruta de Capital Fixo, que caiu -3,6%. De outro lado, o setor de exportação de bens e serviços cresceu 9,4% no mesmo período.

Mesmo com o avanço da vacinação, inflação segue prejudicando a economia

Mesmo com o avanço da vacinação em quase todos os estados do país e com a retomada da economia, a inflação atrelada ao descontrole político tem levado que o mercado continue com muita insegurança em relação ao país.

O último relatório Focus do Banco Central, estima que o crescimento do país em 2021, chegue a no máximo 5,27%. Para efeitos de comparação, a evolução do Bitcoin com base no último ano, já atinge 398%, uma evolução que em comparação à outras criptomoedas, nem é tão relativa assim, porém muito abissal em comparação ao PIB nacional.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts