Bitcoin subiu 12% em agosto e superou investimentos no país

Bitcoin subiu 12% em agosto e superou investimentos no país

No mês de agosto a performance do Bitcoin superou diversos investimentos tradicionais, que vão desde o ouro, os investimentos na Bolsa de Valores, dólar e investimentos na renda fixa, como a poupança.

O aumento de mais de 500 milhões de dólares em capitalização total do mercado e em grande parte pela alta do Bitcoin, fez com que o mercado de criptomoedas disparasse mais de 400% no último mês.

E mesmo com um desempenho de 12% no último mês, o Bitcoin superou o desempenho dos principais índices e outras aplicações tradicionais do mercado brasileiro, principalmente os de renda fixa.

Mês de agosto foi positivo para o Bitcoin e setembro deve ser ainda melhor

No mês de agosto, o Bitcoin vivenciou um momento de alta e que deve continuar durante setembro. O BTC encerrou o período cotado em R$ 246 mil, 11,9% acima da cotação que havia terminado no mês de julho.

Outras altcoins também tomaram conta do mercado pelas altas valorizações, em especial as criptomoedas que atingiram máximas históricas como a Arweave e a Solana, com altas acima de 100%.

Quando comparamos com os principais índices negociados na Bolsa de Valores brasileira, como o IBOV e IBrX-50 tiveram performances negativas, de -3.06% e também de -4.40%, valores que quando comparado com o Bitcoin apresentam um desempenho muito superior ao da renda fixa.

Investimentos na renda fixa não chamam mais tanto a atenção dos brasileiros

Mesmo com o aumento da Selic de 1% na última reunião do Banco Central, a rentabilidade real da poupança fechou em -0,17%, ficando muito abaixo também do índice que mede a inflação no país.

O ouro, que é muito comparado com o Bitcoin, também fechou em queda no último mês, com uma queda de 1,8% nos contratos futuros que foram negociados na Bolsa de Valores (B3).

Uma comparação entre estes ativos é algo muito complicado, pois todos pertencem à índices diferentes, o que torna muito mais difícil realizar uma comparação do desempenho do Bitcoin em relação ao mercado tradicional.

Investimentos em altcoins também são aconselhados

O mês de agosto foi muito positivo para as criptomoedas e assim deverá continuar sendo no próximo mês. O Bitcoin chegou a passar momentaneamente da faixa de 50 mil dólares, puxando também as altcoins, como Ethereum, ADA e Solana.

A criptomoeda que teve a maior performance foi a Arweave, que subiu 411% no mês de agosto. A Arweave se destacou por ser uma rede descentralizada de dados, que viu o seu preço saltar de 12 para 60 dólares.

Em terceiro lugar e se consolidando como um grande destaque para o mês de setembro, está a Solana, que saiu de 34 dólares para fechar o mês em 115. A alta de 300% foi motivada pela adoção institucional do ativo, como uma alternativa à Ethereum.

Por fim, também é recomendado investimentos em Luna e ADA, principalmente nesta segunda, que com a inserção dos contratos inteligentes após a atualização Alonzo, deverá ter ganhos superiores ao do Bitcoin neste mês.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts