Safra projeta que Bradesco (BBDC4) terá maior lucro entre os grandes bancos

Safra projeta que Bradesco (BBDC4) terá maior lucro entre os grandes bancos

Nesta quinta-feira (22), o Safra realizou a divulgação da prévia de resultados do primeiro trimestre de 2021. O time de research da empresa afirma que há uma boa probabilidade de recuperação dos bancos brasileiros, em especial ao Banco Bradesco (BBDC4).

De acordo com os analistas do Safra, há uma projeção de que o Bradesco atinja, no acumulado de 2021, o maior crescimento de lucros entre os grandes bancos,  com lucro líquido de R$ 6,4 bilhões.

Além disso, a previsão para o Retorno sobre Patrimônio Líquido Médio (ROAE), indicador que mede o desempenho de uma empresa com base em seu patrimônio líquido, ou seja, que fornece uma visão mais ampla da lucratividade da empresa, é de 17,2%.

Veja também: Saiba o que é Open Banking e como isso vai revolucionar o mercado financeiro

De acordo com relatório, a boa recuperação dos resultados para 2021 tem como base a redução significativa do custo do crédito, considerando as enormes provisões para perdas com empréstimos e o pico de inadimplência ao longo de 2020, que recentemente, ao que tudo indica, não será tão forte quanto inicialmente esperado.

Além disso, os analistas acreditam que o aumento da taxa de juros (Selic) pode beneficiar os resultados do banco no médio prazo, tendo em vista que haverá uma reavaliação dos produtos de empréstimo, de forma a aumentar a remuneração de sua própria base de capital e melhorar os resultados financeiros de seguros.

A ação preferencial da empresa (BBDC4) é Top Pick, em tradução livre, “melhores escolhas”, com preço-alvo de R$ 36,00. “Embora Bradesco e Itaú Unibanco (ITUB4) tenham vantagens semelhantes, tendemos a preferir o Bradesco devido à sua melhor dinâmica de lucros via-à-vis o Itaú.”

Para os analistas, além do bom potencial de alta do Bradesco, a ação da companhia  ainda está negociando a múltiplos atraentes, no geral a 9,0x P/L projetado para 2021.

Veja também: Cartão de crédito: Brasil aumenta seu uso na pandemia

Bradesco (BBDC4) com tudo em 2021?

De acordo com o Safra, no quarto trimestre de 2020, o lucro líquido ajustado do Bradesco (BBDC4), superou fortemente as expectativas, atingindo R$ 6,801 bilhões, alta de 2,3% a.a e de 35,2% t/t, representando um ROAE de 19,4%. O bom resultado veio principalmente da sólida margem financeira com o mercado e da redução nas provisões de crédito, bem como do bom controle de custos no período.

No ano de 2020, o lucro ajustado do Bradesco (BBDC4) atingiu R$19,458 bilhões (ROAE de 14,0%), queda de 24,8% a.a, negativamente impactado pela maior provisão para fazer frente ao impacto da Covid-19 na economia.

Observando o último balanço e projetando os resultados do próximo trimestre, definidos por diversos fatores, entre eles:

  • Qualidade do crédito em alta, com a inadimplência em queda e o crescimento da receita de serviços;

  • Eficiência de custos por meio de investimentos em tecnologia e sinergias com a integração do HSBC;

  • Forte escala operacional com ampla capilaridade em todo o Brasil;

  • Diversificação de receitas no negócio de seguros.

Em suma, os analistas acreditam que Bradesco (BBDC4), abre caminho da para um bom nível de lucratividade em 2021, quiçá superando positivamente seus concorrentes no setor.

Veja também: PIX: Por que o Brasil aderiu essa forma de pagamento?

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts