Preço médio da gasolina subiu seguidamente nas últimas 7 semanas

Preço médio da gasolina subiu seguidamente nas últimas 7 semanas

Se para o brasileiro o preço médio da gasolina em 2020 já não estava tão acessível, quem dirá depois dos aumentos deste ano, que já faz com que o preço médio da gasolina tenha subido de forma seguida nas últimas 7 semanas.

Os dados foram divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Biocombustíveis e Gás Natural (ANP). Durante os dias 18 e 24 de julho, o preço médio da gasolina era de R$ 5,833. Uma semana depois, entre os dias 25 e 31 de julho, aconteceu uma leve queda, para R$ 5,822, que trouxe um pouco de esperança.

Porém, de lá para cá, o valor da gasolina passou a subir uma semana após a outra, até o preço que foi divulgado durante os dias 12 e 18 deste mês: R$ 6,076 no preço médio de todas as regiões do país.

Números sobre o aumento da gasolina no país durante as últimas 7 semanas

Desde que o preço da gasolina não deixou de aumentar nas últimas semanas, a alta média da gasolina no Brasil somente nas últimas 7 semanas é de 4,26%. Em alguns postos do país, o valor já ultrapassa R$ 7. Três estados do Brasil já têm o preço médio da gasolina acima de R$ 7: Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Acre.

Outra estatística que mostra como a gasolina subiu ao longo do ano, é o comparativo de quanto custava encher no tanque no ano passado e agora. Entre a semana dos dias 12 e 18 de setembro, encher um tanque de 50 litros custava em média R$ 303,80. Nos últimos dias do ano passado, com o preço médio a R$ 4,483, o valor seria de R$ 224,15.

O aumento do tanque de gasolina desde o fim da última semana de 2020 até o atual período, já é de 35,53% em média. O valor também é bastante superior à inflação que foi acumulada neste período.

Gasolina está entre os itens que são medidos pelo IPCA

Existe uma série de produtos que são calculados para medir o quanto está a inflação mês a mês, que é chamado de IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). O aumento geral dos preços de janeiro até agosto já é de 5,67%.

Isso significa, que o aumento do valor da gasolina já equivale a quase 7 vezes o aumento geral dos preços, o que também têm exigido do Banco Central mudar diversas vezes a taxa básica de juros, a SELIC, que está hoje em 5,25% e deve ser aumentada para 6% na reunião desta semana.

Existe chance do preço baixar nos próximos meses?

Uma série de fatores são cruciais para definir o preço da gasolina final que chega até o consumidor. Para muitos a principal culpa seria do ICMS, porém os mesmos já foram zerados no início do ano. Talvez o fator mais decisivo seja a desvalorização profunda do real em comparação ao dólar. Iniciou 2020 em R$ 4,05 e hoje está em R$ 5,32.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts