O pior IPO da história de Londres

O pior IPO da história de Londres

Londres acabou registrando seu pior IPO da história em pelo menos duas décadas, segundo o Dealogic, que é um provedor de dados conhecido. A empresa Deliveroo acabou protagonizando um péssimo desempenho em sua entrada na bolsa de valores.

A Deliveroo é uma empresa de entrega de comida que foi fundada por Will Shu no ano de 2013 em Londres, na Inglaterra. É uma empresa que funciona em mais de 200 localidades diferentes do Reino Unido, mas também está presente em outros países não só do continente europeu, mas também Oceania.

Só para se ter uma ideia, a Deliveroo está presente, além do Reino Unido, em países como: Holanda, França, Bélgica, Irlanda, Espanha, Itália, Austrália, Nova Zelândia, Cingapura, Hong Kong, Emirados Árabes Unidos e Kuwait.

Apesar do seu sucesso no ramo de entrega de comida, segmento que foi impulsionado durante a pandemia, a Deliveroo não teve o mesmo sucesso em seu início na sua abertura de capital na bolsa de valores através do seu IPO.

O que é um IPO?

Um IPO nada mais é um dos eventos mais importantes do mercado financeiro, principalmente para as empresas que estão envolvidas no processo. É um momento que é acompanhado por muitos investidores.

Mas, além disso, os IPOs marcam a estreia de uma empresa na bolsa de valores. Desse modo, costumam despertar o interesse de muitos investidores através da oportunidade de ganho de capital, através do investimento em empresas que possam ter uma melhor valorização de longo prazo em relação ao seu preço inicial.

Mas além do longo prazo em si, muitos investidores buscam também oportunidades rápidas de ganho nos IPOs, visto que muitas delas simplesmente acabam tendo altas valorizações nos primeiros dias de negociação até que possam estabilizar um pouco melhor o seu preço.

Deliveroo: O pior IPO em Londres

Entendendo melhor o que é um IPO, você entenderá melhor o motivo da frustração de muitos investidores com a Deliveroo. Ela era uma das “queridinhas” do mercado para o momento, mas acabou ficando muito aquém do que se esperava dele, mesmo em seus primeiros dias.

Obviamente que IPOs apresentam riscos de darem prejuízo nos primeiros dias, porém a Deliveroo acabou tendo um desempenho pior do que se esperava. Até mesmo a Amazon havia comprado uma fatia de 16% da empresa antes, o que atraiu mais credibilidade para que alguns investidores colocassem parte de seu capital nela.

No primeiro dia de negociação, quarta-feira (31), as ações da Deliveroo fecharam 26% abaixo de seu preço inicial, equivalente a US$ 2,8 bilhões (2 bilhões de libras) no valor de mercado da empresa que foi ao chão naquele dia. Na quinta-feira (1), as ações tiveram uma queda de 1,9%. Além dos dados da Dealogic, um outro investidor também afirmou a mesma coisa: “o pior IPO da história de Londres”.

O CEO da Aquis Exchange, Alasdair Haynes, afirma que o preço inicial das ações estava incorreto e que “as pessoas envergonhadas aqui devem ser os conselheiros”. JPMorgan Chase (JPM) e Goldman Sachs (GS), que foram os principais consultores no IPO, não falaram sobre o ocorrido.

Além de preços, especialistas apontam prazos, incertezas nos negócios, tratamento da empresa com os seus trabalhadores e riscos regulatórios nas empresas do setor, como um dos fatores que trouxeram o fracasso do IPO

Não sabemos sobre o desempenho da empresa daqui em diante, mas em meio a fala da Deliveroo de que há “uma demanda muito significativa de instituições em todo o mundo” e pela expectativa que se criou, o IPO da empresa acabou de fato decepcionando.

Veja também: IGP-M será substituído no reajuste de aluguel?

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts