PetroRio: Da lama ou luxo

PetroRio: Da lama ao luxo

Muito se fala das grandes petrolíferas, mas uma ação vem ganhando lugar de destaque no mercado financeiro, a PetroRio (PRIO3). A empresa foi fundada em 2008, foi transformada em sociedade anônima de capital fechado em 2009 quando passou a se chamar HRT Participações em Petróleo e em 2015 passou a se chamar PetroRio, após a atual gestão assumir, reestruturar e dar um novo direcionamento estratégico para a empresa.

Seu menor valor de mercado e com capacidade de crescimento, chamou a atenção dos investidores, em plena pandemia do Coronavírus, as ações encerram o ano com valorização de 112%.

PetroRio
Cotação PetroRio – Fonte Tradingview

Acima de tudo, PetroRio é focada na produção de petróleo e gás e vem aumentando sua produção de petróleo desde 2014 por meio de aquisições.

PetroRio: Da lama ao luxo
Central de resultados – Fonte: RI PetroRio

Sua estratégia consiste na aquisição de campos maduros, já produtores, considerados ativos “pequenos” para as Majors, para então gerar valor através da redução de custos e da revitalização da produção, ou seja, revitalizando a extensão da vida útil do campo.

Desde o início do turnaround da companhia, que consolidou sua estratégia de crescimento através da aquisição e desenvolvimento de ativos em produção, a PetroRio trabalha para aumentar seus níveis de produção e racionalizar seus custos, mantendo sempre os níveis de excelência em responsabilidade ambiental, segurança e eficiência operacional.

Dessa forma, a empresa consegue criar valor com a implementação de uma operação bem estruturada.

Veja também: O que esperar da bolsa no mês de março?

A empresa

Diferentemente do que foi feito nos primeiros anos após sua fundação em 2009, quando a antiga HRT era uma empresa que buscava explorar novos campos na Bacia Amazônica e na Namíbia, a atual PetroRio é focada na aquisição e gestão de campos maduros.

Assim, a empresa adquire apenas ativos que já tem capacidade produtiva comprovada, minimizando o risco de perfurar novos poços e não encontrar óleo. Para gerar valor, a empresa busca a otimização de processos operacionais e soluções inovadoras que visem o aumento da produtividade, a diminuição de custos e o aumento da vida útil econômica de seus campos.

Como resultado, a PetroRio vem demonstrando uma excelente capacidade de execução em todos os campos adquiridos desde sua reestruturação. A redução de custos e extensão da vida útil nos campos de Polvo e Frade comprovam sua competência.

Em de novembro de 2020, a PetroRio anunciou a aquisição das participações de 35.7% no Bloco BM-C-30 (Campo de Wahoo), e de 60% no Bloco BM-C-32 (Campo de Itaipu), tornando-se a operadora de ambos os campos de pré-sal.

Wahoo tem potencial para produzir mais de 140 milhões de barris, isso significa 100% do campo, tendo descoberta de óleo em 2008 e teste de formação realizado em 2010, se encaixa perfeitamente na estratégia de geração de valor da PetroRio.

Com o desenvolvimento do campo, a Companhia formará mais um cluster de produção, e compartilhará toda a infraestrutura com o Campo de Frade, possibilitando assim a captura de diversas sinergias, resultando em mais uma forte e sustentável redução de lifting cost, sempre mantendo os mais altos padrões de segurança e eficiência.

Resultados

O crescimento da empresa é baseado na aquisição de novos ativos em produção e nos constantes investimentos em seu portfólio atual, além do aprimoramento constante de processos, emprego de novas tecnologias e maior velocidade na resposta aos desafios da operação.

A PetroRio vem demonstrando uma excelente capacidade de execução em todos os campos adquiridos desde sua reestruturação. A redução de custos e extensão da vida útil nos campos de Polvo e Frade comprovam sua competência.

Dessa forma, após incorporar em seus resultados os 30% restantes do campo de Frade e a produção de TBMT, a produção atual de 24 mil barris de petróleo por dia chegará a cerca de 40 mil barris e o custo de extração cairá para cerca de U$ 13 por barril, estes incrementos são visíveis em seus resultados.

PetroRio: Da lama ao luxo
Central de resultados – Fonte: RI PetroRio

Veja também: Dólar nas alturas, vale a pena investir no exterior?

Existem mais de 250 campos, que totalizam uma produção de cerca de 700 mil barris por dia e que são potenciais aquisições para a companhia. As recentes mudanças no cenário regulatório e o atual foco das grandes empresas produtoras de petróleo no Pré-Sal brasileiro abrem ainda mais espaço para novas aquisições.

Apesar do impacto contábil no resultado líquido da Companhia, o EBITDA é impactado positivamente pela desvalorização da moeda local, uma vez que cerca de metade dos gastos são denominados em Real e 97% das receitas da Companhia denominadas em Dólar.

Na comparação com o ano anterior, o lifting cost por barril da Companhia apresentou forte evolução, com uma redução de 36,5% quando comparado ao ano anterior, sendo positivamente impactado pelo aumento de produção no Campo de Polvo, pelas medidas adotadas em 2020, visando a revisão dos gastos e a adequação frente à queda nos preços do óleo, e pela desvalorização do Real frente ao Dólar.

No ano, a companhia vendeu aproximadamente 9 milhões de barris, um aumento de aproximadamente 41% em relação ao ano anterior.

Dívidas

Em junho de 2020, PetroRio assinou instrumentos com determinadas subsidiárias da Chevron Corporation (“Chevron”) de maneira a estabelecer um novo cronograma de amortizações referente à aquisição de 51,74% da concessão no Campo de Frade e do FPSO operando no Campo.

O novo perfil de amortizações prevê, além dos US$ 15 milhões de principal pagos em novembro de 2020, US$ 30 milhões a serem pagos em maio de 2021 e US$ 97 milhões em novembro de 2021, a uma taxa de juros de 7% ao ano.

Apesar das adversidades causadas pela pandemia do Covid-19, a PetroRio mais uma vez se mostrou eficiente ao reduzir os níveis de endividamento, terminando 2020 com o indicador de dívida líquida/EBITDA de 1,2x.

PetroRio: Da lama ou luxo
Central de resultados – Fonte: RI PetroRio

Principais riscos para Petrorio

Preço do Petróleo: Como qualquer outra empresa de commodity, a PetroRio é dependente do preço do petróleo, que é formado de acordo com a oferta e demanda global. Desta forma, a empresa não tem controle sobre seu preço de venda, um petróleo muito baixo pode comprometer a viabilidade econômica de seus campos. Todavia, a PetroRio acredita que a melhor proteção contra a volatilidade do brent é a redução de seu lifting cost por barril e esse continuará sendo um pilar dos projetos atuais e futuros.

Riscos inerentes à produção de petróleo: A empresa investe apenas em campos de petróleo com capacidade produtiva provada, o que reduz consideravelmente o risco exploratório. Porém, os riscos da atividade de produtiva (paradas, acidentes, etc) nunca deixarão de existir,

Priorização de Projetos: Os projetos escolhidos pela companhia demandam muito capital, e por isso devem ser escolhidos de forma criteriosa. A empresa tem se mostrado bastante assertiva na escolha de seus projetos recentemente, mas não é possível garantir que isto continuará acontecendo daqui em diante;

Alavancagem: A empresa pode ter que se alavancar para poder investir em novos projetos. Com a variação do preço do petróleo, a geração de caixa da empresa e a viabilidade econômica dos projetos pode ser afetada de forma a impossibilitar o pagamento de suas dívidas.

Destaque negativo PetroRio – 4t20

O grande destaque negativo da petroleira PetroRio (PRIO3) foi o lucro líquido de 675,8 milhões de reais no quarto trimestre de 2020, queda de 13% comparado ao período do ano anterior.

O lifting cost do 4T20 foi negativamente impactado pelo shutdown realizado em Polvo em novembro, devido a um problema na caldeira e pela parada do poço MUP3 em Frade, que já teve sua produção reiniciada. impactando o custo de extração que subiu de 12,7 para 14,7.

PetroRio: Da lama ou luxo
Central de resultados – Fonte: RI PetroRio

Aquisições

A grande notícia da companhia no 4T20 foram as aquisições. Em novembro de 2020, a PetroRio anunciou a compra do campo de Wahoo, abrindo espaço para a criação do seu segundo cluster, como a produção de petróleo em mais de um campo usando a mesma estrutura (FPSO, barcos, equipamentos e pessoal), ou seja, Frade + Wahoo.

Também tivemos o anúncio da oferta que terminou no dia 29/01, na qual a empresa levantou cerca de R$ 2 bilhões de reais, destinados principalmente ao Campo de Wahoo e, quem sabe, a uma nova aquisição.

Conclusão

Soma-se os maravilhosos números e a atual essência estratégia do negócio, foi uma das melhores oportunidades de investimento dos últimos meses. As oportunidades são muitas, mas quanto mais próximo são os campos, maiores as sinergias, menores são os custos de operá-los em conjunto.

Aqueles que não entendem o valor das empresas nunca vão se beneficiar das ten baggers, ou seja, aqueles que podem se multiplicar por 10x, segundo Peter Lynch. Enquanto as majors operam na casa do bilhão, com grandes gastos para grandes produções, PetroRio opera na casa do centavo, comprado campos a preço de mercado e reduzindo drasticamente os custos para gerar valor.

Por fim, podemos dizer que PetroRio subiu bastante, sim, mas seu preço ainda não reflete as oportunidades que possui. Mais produção e mais produtividade, mais Ebitda por barril.  Negociando a aproximadamente 6x Ebitda, sem colocarmos Wahoo na conta , PRIO definitivamente é 10x.

Veja também: Multiplicando o seu capital por 10x

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts