Lojas Americanas compra 70% do Grupo Uni.co, dono da marca Imaginarium

Lojas Americanas compra 70% do Grupo Uni.co, dono da marca Imaginarium

A Lojas Americanas (LAME3), através de sua subsidiária IF Capital, comprou 70% do Grupo Uni.co, empresa especializada em varejo de franquias e dona das marcas Puket, Imaginarium, MinD e Lovebrands, conforme fato relevante enviado ao mercado nesta terça-feira (20). No entanto, o valor da negociação não foi revelado.

Além disso, o acordo prevê a aquisição do restante das ações (30%) em 3 anos, em uma faixa de valor pré-definida e de acordo com a performance do plano de negócios.

Controlado desde 2012 pela gestora Squadra Investimentos, o Uni.co é especializado em franquias e possui mais de 30 anos de experiência, comercializando e distribuindo seus produtos em todo o território nacional. “O grupo atua por meio de uma estratégia omnichannel com uma rede de mais de 440 franquias, mais de 2,8 mil clientes multimarcas e canais digitais”, afirma a Lojas Americanas. A empresa também é líder do segmento de “fun design”, lançando anualmente mais de 4 mil produtos exclusivos.

Veja também: Porto Seguro adquire 13,5% da Petlove

Ipo fracassada 

Em outubro passado, o Uni.co pediu registro para uma oferta inicial de ações (IPO), em busca de recursos para comprar novos negócios, investir em tecnologia e reforçar o capital de giro.

No entanto, o plano não se confirmou, uma vez que a volatilidade do mercado acionário doméstico nos últimos meses atropelou a meta dela e de ao menos duas dezenas de outras empresas brasileiras que pretendiam fazer o mesmo.

Empresas do Uni.co 

Além da Puket, marca de moda infantil, adulto e acessórios, a companhia é dona da Imaginarium, que atua no mercado de presentes e design criativo, MinD, do segmento de decoração, e Lovebrands, modelo de franquia multimarcas onde os clientes encontram produtos das marcas Puket e Imaginarium.

“A aquisição poderá ampliar o sortimento em verticais estratégicas e de alta frequência (moda, acessórios, presentes e design), bem como aumentar o poder de desenvolvimento de produtos de marcas próprias, acelerando a expansão do supply chain (cadeia de mantimentos) nacional e internacional”, informou a Lojas Americanas.

Estratégia de compra da Lojas Americanas

Com a compra, a Lojas Americanas, que possui forte presença no e-commerce, eleva ainda mais sua plataforma de varejo especializado em franquias e marcas próprias, somando-se à operação recentemente anunciada da criação da joint-venture com a BR Distribuidora (BRDT3) para a exploração do negócio de lojas de conveniência.

“A pretendida aquisição está em linha com a já divulgada estratégia da Americanas de ser mais relevante no dia a dia dos clientes, oferecendo: Tudo. A toda Hora. Em qualquer lugar”, afirma a companhia.

A operação está sujeita à aprovação prévia do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Segundo opinião dos analistas do mercado financeiro, o movimento demonstra a consolidação do setor varejista, em detrimento da segunda onda da pandemia, que por sua vez,  trouxe novas restrições e prejudicou mais uma vez o consumo no país, principalmente em relação aos itens não essenciais.

Desse modo, empresas maiores e com melhor saúde financeira, como Lojas Americanas (LAME3),  aproveitam o momento para comprar negócios menores e com um bom desconto, tendo em vista que muitos deles estão passando por dificuldades financeiras devido aos  efeitos da crise econômica gerada pela Covid-19.

Conforme complementam os analistas, em muitos casos, a única saída para que as empresas não precisem encerrar o seu negócio é se fundir a outra companhia.

Veja também: Privatização dos Correios é aprovada com urgência pela Câmara

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts