Jeff Bezos vai deixar o cargo de CEO da Amazon em 5 de julho; Entenda!

Jeff Bezos vai deixar o cargo de CEO da Amazon em 5 de julho; Entenda!

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, anunciou nesta quarta-feira (26) durante a reunião anual de acionistas da empresa que irá oficialmente deixar o cargo de CEO, a partir de 5 de julho. O novo líder da empresa será Andy Jassy, que atualmente é diretor executivo da Amazon Web Services. Deste modo, Bezos irá passar para o cargo de presidente do conselho de administração.

A Amazon já havia comentado sobre a mudança de liderança, porém a data exata não tinha sido divulgada até o anúncio de Jeff Bezos. Segundo o executivo, o momento é sentimental, pois 5 de julho é a data em que a Amazon foi fundada por ele em 1994.

“Estou muito animado para assumir a função de presidente do conselho, onde concentrarei minhas energias e atenção em novos produtos e iniciativas iniciais” comentou Jeff Bezos. “Garanto que Andy nunca permitirá que o universo nos torne comuns, ele tem energia para manter vivo em nós o que nos tornou especiais”, completou.

O cargo que Jassy irá deixar, de diretor executivo da Amazon Web Services, será ocupado pelo CEO do Tableau, Adam Selipsky.

Assembleia de acionistas da Amazon

Durante a assembleia, vários acionistas fizeram propostas para a empresa, das quais todas foram rejeitadas. Entre elas, estava uma que permitiria que um associado horista de compliance servisse no conselho de administração da Amazon.

A proposta dos acionistas salientou as recentes críticas recebidas pela empresa, em relação ao modo de tratamento aos trabalhadores de depósitos. Em abril deste ano surgiu uma campanha para formação de um sindicato desses trabalhadores, e a Amazon agressivamente liderou uma campanha anti-sindical, encorajando os funcionários a votarem não.

Bezos também foi questionado sobre o grande tamanho dos negócios da Amazon, questão que se tornou polêmica após a cidade de Washington abrir um processo contra a empresa, alegando abuso do domínio do e-commerce para prejudicar os concorrentes.

“Eu diria que enfrentamos intensa concorrência de empresas bem estabelecidas em todos os lugares onde fazemos negócios, em todos os setores. O varejo é uma indústria muito saudável e está longe de ser uma situação em que todos ganham” , respondeu Bezos.

O executivo também pontuou que o seu sucessor, Andy Jassy, terá que administrar as novas apostas feitas pela Amazon, que incluem o Amazon Care (oferta de telessaúde), e o Projeto Kuiper (projeto de internet via satélite).

“Nenhuma dessas ideias funcionará garantidamente. São todos investimentos gigantescos e todos são riscos..toda a nossa história como empresa é sobre assumir riscos , muitos dos quais falharam e muitos dos quais falharão, mas continuaremos a correr grandes riscos” concluiu Jeff Bezos.

Curiosidades sobre Jeff Bezos

Jeff Bezos é considerado o homem mais rico do mundo a quatro anos consecutivos pela revista Forbes, em sua lista anual. O bilionário tem um patrimônio líquido de US$177 bilhões de dólares, o que dá cerca de 924 bilhões de reais nos valores atuais.

Esse valor da fortuna de Bezos aumentou em 64 milhões de dólares apenas no último ano, devido ao grande aumento das ações da Amazon. Esse aumento das ações é resultado da pandemia de coronavírus, pois as pessoas começaram a fazer mais compras online em decorrência da quarentena e do lockdown.

Jeff Bezos também é dono do jornal The Washington Post, e da empresa de exploração espacial Blue Origin, que compete com a SpaceX de Elon Musk.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts