Conheça a tecnologia do novo "carro voador" elétrico da Embraer

Conheça a tecnologia do novo “carro voador” elétrico da Embraer

A Embraer, que é uma fabricante de aviões comerciais, executivos, agrícolas e militares, peças aeroespaciais, serviços e suporte nesta área, mostrou nessa semana o primeiro voo do seu “carro voador” elétrico, assim chamado e considerado pela empresa.

O projeto também pertence à empresa de desenvolvimento de ecossistema relacionado a mobilidade aérea urbana Eve Urban Air Mobility Solutions. O novo “carro voador” elétrico da Embraer teve seu primeiro voo na sede da fabricante de aviões em Gavião Peixoto-SP.

O projeto em questão realizou seu voo através de um protótipo de tamanho reduzido e dá continuidade ao conceito já colocado em maio de 2018, quando a Embraer apresentou sua primeira ideia a respeito de um táxi-aéreo que funcionasse com a tecnologia de carros elétricos.

A ideia seria criar um veículo de mobilidade urbana que utilizasse uma tecnologia de carro elétrico de decolagem e pouso vertical, conhecido com um termo inglês eVTOL. A CNN Brasil, que publicou a respeito do assunto, diz que, na verdade, o que ficou conhecido como “carro voador”, que lembra um drone de grandes proporções que pudesse transportar pessoas.

Dessa forma, o veículo conta com oito hélices horizontais e duas verticais, totalizando às dez hélices. Desde o mês de julho essa tecnologia já vem sendo testada de forma prática pela Embraer, mas novidades ainda devem surgir com o passar do tempo.

Entre essas mudanças, inclui-se o fato de que no futuro a intenção é que o veículo não dependa de ser comandado por um piloto, embora até o momento ainda seja necessário alguém responsável pelo táxi-aéreo.

A criação do ecossistema para os carros voadores da Embraer

Obviamente que não apenas o veículo precisa ser desenvolvido pela Embraer, mas também todos os serviços e suportes que compõem o ecossistema e o funcionamento correto da tecnologia. Nessa parte, a Embraer conta com a ajuda da Eve Urban Air Mobility Solutions, responsável pela criação desse ecossistema nos espaços urbanos.

A ideia por trás do “carro voador” da Embraer seria uma alternativa para o que conhecemos hoje como o helicóptero, com uma tecnologia e funcionalidade um pouco diferente. Todavia o diferencial é que esses veículos são mais baratos do que o helicóptero, com custos mais acessíveis e assim alcançar um público maior.

Diversas empresas também estão buscando criar um ecossistema e uma linha de táxis-aéreos que possam ser utilizados por cada vez mais pessoas, já que os helicópteros ainda não tão viáveis do ponto de vista financeiro e nem a criação de recursos para o funcionamento com um tráfego mais volumoso de veículos no céu.

Entre essas empresas temos a startup Joby Aviation, que comprou a Uber Elevate da Uber. Além disso, há também a Boeing e Airbus como empresas interessadas no desenvolvimento dessa categoria de veículo.

Veja também: Investigação é feita sobre esquema de R$3,5 milhões em empréstimos falsos de grandes bancos

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts