Bitcoin ultrapassa PayPal em volume de transações

Bitcoin ultrapassa PayPal em volume de transações

2021 tem sido um ano movimentado e positivo para o Bitcoin, seja quando falamos de preço ou de uma grande adoção que está acontecendo, além de uma grande movimentação de transações, onde os dados recentes mostram que a rede do BTC estaria movimentando um valor maior do que o PayPal.

Em um estudo recente que foi feito pela Blockdata, a rede do Bitcoin registrou um ótimo desempenho ao longo de 2021, até o momento superando os valores que foram depositados em dólar para o PayPal.

Os dados indicam que a rede do Bitcoin transacionou até US$ 489 bilhões em média por trimestre durante 2021, sendo que a média do PayPal para o período foi de US$ 100 bilhões, ficando quase 5 vezes atrás do valor transacionado em BTC.

Duelo Bitcoin vs PayPal

A discrepância entre os dois valores chega a ser de 62%, mostrando que a rede do Bitcoin já está apta não apenas a bater de frente, mas inclusive superar o PayPal. Esse estudo leva em consideração o valor transacionado em dólar e não o número total de transações.

É muito importante destacar que em quantidade de transações, o Bitcoin ainda fica atrás do PayPal, porém já está ficando na frente para as transações de maior porte, que no PayPal são bem mais delicadas de acontecer por conta das altas taxas cobradas, que são sempre mais altas conforme o valor a movimentar aumente.

E para essas transações são realizadas pelas baleias de Bitcoin, que geralmente costumam movimentar grandes valores (de uma carteira para outra) e de tempos a tempos, às vezes esperam anos para movimentar as suas carteiras.

Relação com MasterCard e VISA

Além dos dados do Bitcoin e PayPal, a Blockdata também realizou uma análise com as principais companhias do mercado, incluindo as gigantes MasterCard e VISA, que acabam deixando para trás a quantidade de transações de Bitcoin e PayPal.

Ambos ficam para trás quando são comparados a essas companhias que são destaque há décadas no setor de pagamentos. A MasterCard registrou US$ 1,8 trilhão por trimestre, sendo que a VISA lidera de forma disparada com US$ 3,2 trilhões de caixa no último trimestre.

Porém esses detalhes não desanimaram os pesquisadores do estudo, que ainda acreditam que o Bitcoin com tão pouco tempo de atividade já está dando passos muito importantes para se tornar uma referência global monetária.

Sobre a rede Bitcoin

O Bitcoin é uma rede descentralizada que existe à 12 anos, sendo que em termos de métrica (volume que já foi processado), quando comparado com a segunda colocada do mercado, a MasterCard, que é uma companhia que foi fundada em 1966 e demorou muito mais para chegar no alcance que hoje a criptomoeda têm.

De acordo com a opinião dos pesquisadores, essa métrica é ainda mais surpreendente, ainda mais quando consideramos um movimento descentralizado, que foi inédito com a chegada do Bitcoin, abrindo os olhos de muitas pessoas sobre um mundo pouco transparente para os negócios como o centralizado, com interferência direta de Governos. 

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts