Bitcoin pode voltar aos US$ 35 mil se atingir a cruz da morte

Bitcoin pode voltar aos US$ 35 mil se atingir a cruz da morte

O preço do Bitcoin está em um momento onde não está conseguindo acumular uma faixa de resistência que o eleve para um patamar de uma possível nova máxima histórica. O preço do BTC segue abaixo dos US$ 43 mil, o que acaba ressaltando ainda mais o desânimo dos investidores que estavam acreditando em um primeiro mês de muita euforia no mercado.

Os principais analistas do mercado de criptomoedas entendem que esse período de baixa atual também pode atingir os investidores institucionais que estão pensando em vender os seus BTCs antes de entrarmos em um novo período de baixa, para uma cotação menor que US$ 40 mil, o que também afetaria grande parte das altcoins.

Indicadores podem estar próximos de uma cruz da morte

Os especialistas entendem que à medida que o BTC vai se aproximando de baixar dos US$ 40 mil, nós vamos ter um período sombrio que já aconteceu no último ano, que é chamado “cruz da morte”.

Entre um dos analistas que compartilhou a sua opinião, destaque para os comentários de Mike Novogratz, que é o CEO da Galaxy Investment Partners, que realizou a previsão que após o Bitcoin atingir os US$ 40 mil, haveria um período de mergulho e entraria em um estado crítico.

Sobre o momento atual do Bitcoin

A medida que as empresas estão descobrindo que podem adicionar Bitcoin aos poucos aos seus acervos, porém para muitas empresas o ponto de entrada de US$ 40 mil será ideal, não sendo visto como um investimento arriscado.

É diferente da opinião de Novogratz, alguns outros analistas muito renomados do mercado de criptomoedas, que assim como Ekta Mourya apontou que o preço do BTC poderá continuar em um alto risco de queda adicional se continuar abaixo do nível de US$ 43 mil. No presente momento em que este artigo está sendo produzido, a criptomoeda se mantém um pouco acima dessa faixa.

O preço médio do Bitcoin está em uma faixa móvel simples abaixo do esperado nas últimas 100 horas, que pode levar o preço da criptomoeda novamente para baixo dos US$ 43 mil e também considerando a média móvel exponencial dos últimos 50 dias, o que acaba formando uma “cruz da morte”.

Padrão prevê uma queda do preço do BTC muito em breve

Outro analista conhecido que está aproveitando os últimos dias para fazer uma série de comparações sobre os possíveis movimentos do Bitcoin é o BitBitCrypto, que não acredita em um novo período de alta do Bitcoin e que agora o mercado vai ter se acostumar com o novo período de baixa.

Já para os analistas do FXStreet, a tendência para o seguimento das próximas atividades em relação ao preço do Bitcoin é que no caso de não termos um lançamento de novos ETFs em grandes Bolsas de Valores e uma nova entrada do mercado institucional, infelizmente a criptomoeda tende a entrar em colapso e em uma zona da morte entre US$ 35 a 37 mil.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts