O gestor de um fundo hedge bilionário, Paul Tudor Jones, anunciou que está comprando bitcoin através da Grayscale, informou a Bloomberg na quinta-feira (7 de maio).

Jones disse a seus clientes em uma carta que acredita que o bitcoin servirá como uma proteção contra um salto na inflação que ele pensa estar chegando, devido aos bancos centrais imprimindo dinheiro e expandindo acentuadamente seus balanços patrimoniais em meio à pandemia de coronavírus.

Jones disse que o bitcoin “o lembra do papel que o ouro desempenhou na década de 1970”, segundo seu relatório.

“A melhor estratégia para maximizar o lucro é possuir o cavalo mais rápido. Se sou forçado a prever, minha aposta é que será o Bitcoin”, disse Jones na nota do cliente.

Um dos fundos de Jones, o Tudor BVI, pode conter até uma porcentagem baixa de um dígito de seus ativos em futuros de bitcoin.

Jones é o fundador e CEO da Tudor Investment Corp., um fundo de hedge que administrava US$ 38,4 bilhões em 30 de março, segundo dados da Securities and Exchange Commission.

Jones é amplamente lembrado por prever e lucrar com a queda da bolsa de valores em 19 de outubro de 1987, que viu a Dow perder quase 23% de seu valor, marcando o maior declínio percentual em um dia do benchmark de primeira linha em é história.

Jones ficou conhecido por negociar de tudo, de moedas a commodities. Seu registro apresentou retornos medianos e um êxodo de bilhões de dólares de seu fundo de hedge nos anos mais recentes. Jones possui um patrimônio líquido de US$ 5,1 bilhões, segundo a Forbes.

Quem acredita na alta tem apontado para um crescente interesse no bitcoin à medida que a moeda digital passa por um evento que há meses vem observado de perto e esperado por todos: o Halving.

No Halving, a emissão de Bitcoins cairá pela metade, de 12.5 para 6.25 BTCs a cada 10 minutos. Isso deixará o ativo mais escasso, pois haverá menos Bitcoins para serem vendidos no dia a dia. Além disso, se a procura aumentar, a tendência é que o seu preços suba diante de maior escassez.

O Halving mais diferente de todos

Safiri Félix, presidente da Abcripto, disse em nosso podcast Halving Revolutions que esse Halving do Bitcoin será o mais diferente de todos. Pois desta vez, o Bitcoin está em fase de maturação, passando pela primeira crise econômica e aumentando sua escassez em um cenário de grande emissão monetária.

Além disso, o público que olha para Bitcoin está mudando. Porque desta vez, grandes investidores institucionais possuem um caminho para comprar grandes quantidades de Bitcoin sem risco regulatório, através da Grayscale. A empresa comprou ⅓ de todos os Bitcoins minerados em 2020.

Caso queira saber no detalhe, escute nosso mais novo podcast, o Halving Revoltuions e fique por dentro do próximo Halving, previsto para ocorrer no próximo dia 12. Enquanto isso, os intitucionais seguem acumulando Bitcoins.

Traduzido e adapatado de Business Insider

Write A Comment