BC diz que 99% das transações no PIX são liquidadas em menos de 1 segundo

BC diz que 99% das transações no PIX são liquidadas em menos de 1 segundo

O Banco Central divulgou nesta segunda-feira (18) um relatório sobre a Estabilidade Financeira no primeiro semestre do ano, onde afirma um detalhe muito positivo sobre as transações com PIX, onde 99% delas são concretizadas em menos de 1 segundo.

Também segundo o relatório, o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central está dominando os pagamentos, sobretudo nas empresas de varejo do país. O BC entende que o PIX está crescendo como um instrumento para realizar pagamentos imediatos, além da segurança que oferece e por ser conveniente, tanto para quem recebe como para quem paga.

Já durante o primeiro semestre de 2021, o número de transações envolvendo o PIX superou o TED e DOC, movimentando mais de R$ 1’,6 trilhões em operações. Lembrando que o PIX ainda é recente, tendo entrado em vigor no final de 2020.

O que o relatório destaca de positivo sobre o PIX

O relatório divulgou os resultados do primeiro semestre do ano, também mostrando o crescimento das movimentações. O primeiro semestre de 2021 foi visto como o estágio para o avanço e expansão do PIX.

A cada mês do último semestre, o número de transações com PIX aumentou. Se em janeiro foram realizadas 170 milhões de transações, em junho esse número chegou a 626 milhões.

Quatro em cada dez pequenos e médios lojistas adotaram o método de pagamentos instantâneos do Banco Central

Para quem deseja pagar as suas compras online e não têm acesso a um cartão de crédito, o PIX vem ganhando cada vez mais espaço para esses consumidores. O sistema de pagamentos instantâneos do BC está prestes a completar um ano de vida e já está sendo utilizado por 38% dos pequenos e médios lojistas no país.

É isso o que aponta uma pesquisa realizada pela Loja Integrada, que é uma plataforma dedicada para a criação de lojas virtuais, que conta com 3.060 pequenos e médios varejos, com atuação sobretudo no e-commerce.

Para Paulo Henrique Freitas, que é o CEO da Loja Integrada, o PIX oferece a praticidade e confiança que o comércio necessita, principalmente a confiança que é necessária na hora de se realizar pagamentos.

Usuários poderão sacar via PIX no comércio

O Banco Central anunciou que a partir do dia 29 de novembro, todos os usuários que tenham conta bancária e PIX cadastrados, vão poder usufruir dos novos serviços: PIX Troco e Saque.

O valor do saque será de até R$ 500 durante o dia e de apenas R$ 100 durante à noite, com vigência das 20h às 6h. Não haverá cobranças para o uso do serviço, porém as pessoas físicas terão limite de até 8 saques e trocos ao longo do mês.

O Banco Central deve seguir trabalhando para garantir a digitalização da economia no país, após ver o sucesso garantido com o PIX. Já lançou o Open Finance, que irá permitir com que os bancos obtenham informações de clientes de outras instituições financeiras, o que de acordo com o BC, irá trazer uma maior competitividade financeira.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts