Rede de lojas do México anuncia Bitcoin como novo método de pagamento

Investidores institucionais já possuem quase 8% de todos os bitcoins criados

A adoção de Bitcoins por parte de investidores institucionais têm chamado bastante atenção pelo mundo, visto que quase 10% dos bitcoins que foram criados foram adquiridos por grandes empresas.

E não são apenas grandes empresas dos Estados Unidos ou Europa que se destacam pela aquisição da principal criptomoeda. Isso também está acontecendo aqui na América do Sul, com empresas como Mercado Livre e Globant realizando a aquisição de grandes quantidades em Bitcoin.

MicroStrategy é a empresa que mais investiu em Bitcoin no mundo

A empresa que mais investiu em Bitcoins até o momento é a MicroStrategy. Na última terça-feira (24), a empresa anunciou uma nova aquisição de BTCs. A companhia já tem em sua posse 108 mil bitcoins.

Outra empresa que segue com uma alta posição em Bitcoin é a Tesla, com uma posição estimada de 42 mil BTCs, que a segunda maior empresa a investir o seu capital em Bitcoins.

E em terceiro lugar está a Square, empresa que é de posse de Jack Dorsey, atual CEO do Twitter. Segundo dados do BitcoinTreasuries, a empresa tem pelo menos 8.027 bitcoins. Completando a lista, está a Marathon Digital Holdings e a Coinbase, mais duas grandes empresas que estão listadas na Nasdaq.

Entenda quais são os motivos que levam as grandes empresas comprar Bitcoins

Todas as empresas que realizaram compras de alto valor em Bitcoins, estão listadas na Nasdaq, principal Bolsa de Valores do mundo. E os CEOs destas empresas acabam tendo um ponto fundamental em comum: com o medo por uma disparada na inflação no mundo todo, principalmente do dólar, o investimento em criptomoedas está sendo um escape.

Outro ponto que deve ser observado, é que a maior parte dessas empresas são ligadas ao setor de tecnologia e inovação, até por conta disso que é natural realizar investimentos em moedas digitais.

A justificativa principal é que a compra de Bitcoin é realizada pensando na moeda como uma reserva de valor, com o medo das empresas de que o dólar não seja mais a moeda de referência mundial, perdendo para o BTC.

Países exóticos também estão na lista

Normalmente os grandes investidores na Bolsa de Valores são de países muito desenvolvidos ou subdesenvolvidos, até por isso que muitas vezes o Brasil aparece bem posicionado. A Bulgária é um dos países que aparece na lista com o maior número de Bitcoins, atualmente em 213.519 BTCs, sendo que o país que mais possui Bitcoin.

E se reunir as companhias e também os países que têm posse em Bitcoin, 8% das moedas criadas estão em posse de apenas 60 pessoas. Até esta semana, já foram criados mais de 18 milhões de Bitcoins, sendo que a oferta total será de 21 millhões.

Portanto, a escassez de Bitcoins deve ser cada vez maior, com uma eventual nova demanda que pode alavancar os preços para uma nova máxima histórica. Em 2021, o BTC alcançou US$ 64.500, puxando consigo máximas históricas para outras criptomoedas, como a Ethereum que está embalada pela atualização Hard Fork London.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts