ETF de Bitcoin tem volume de US$ 1 bilhão na Nasdaq; Veja mais detalhes!

ETF de Bitcoin tem volume de US$ 1 bilhão na Nasdaq; Veja mais detalhes!

O ETF de Bitcoin da ProShares foi um grande sucesso na semana de sua inauguração. Cerca de 24,313 milhões de ações mudaram de mãos, o que configurou um volume de negociação superior a US$ 1 bilhão, mostrando o sucesso do BTC nesse momento.

Esse foi o maior volume natural obtido para um fundo negociado em uma corretora, ficando também no segundo lugar geral, apenas atrás do ETF BlackRock U.S Carbon Transition Readliness, que quando estreou em abril atingiu a marca de US$ 1,6 bilhão.

O ETF de Bitcoin da ProShares foi lançado nesta semana na Bolsa de Valores de Nova York, com um preço de abertura de US$ 40,88. Segundo os dados analisados pelo TradingView, fechou o dia cotado em US$ 41,94, o que contribuiu para a soma de US$ 1 bilhão no mercado.

O que os analistas de mercado comentaram sobre o ETF de Bitcoin?

Foram vários os comentários sobre o primeiro dia de negociações do ETF de Bitcoin da ProShares. De acordo com o analista sênior de ETF da Bloomberg, esse ETF foi o maior em termos de interesse na sua estreia, lembrando que o volume de negociações do ETF da BlackRock em outubro foi “assinatural”, ao contrário desse.

Acredita-se que houve entradas de US$ 570 milhões para BITO no primeiro dia, o que sugere que o ETF de Bitcoin da ProShares poderia se classificar como um peso pesado da indústria em termos de fluxos líquidos em apenas um ano.

Segundo uma análise de dados que foi realizada pela FactSet, os dois principais ETFs que lideram o pacote são de ouro e prata, com um fluxo que chega a até US$ 3 bilhões, e que quando analisado fora das commodities, esse preço aumenta ainda mais.

Mesmo com otimismo, é necessário tomar alguns cuidados

Embora o início do desempenho seja um marco positivo, tanto para a ProShares como também para as criptomoedas, o que pode acontecer é que outras empresas entrem com um pedido para aprovação de ETF de Bitcoin, o que pode promover ainda mais competição.

Uma vez que um ETF se torna conhecido e adquire toneladas de liquidez, se torna ainda mais difícil para o mercado formar o mesmo serviço com tanta eficiência, porém isso é muito positivo para criar uma competição.

O que a SEC disse sobre o lançamento do ETF

Após o lançamento do ETF da ProShares nesta última terça-feira, o Presidente da SEC, Gary Gensler, descreveu em uma entrevista de porque ele e a SEC acreditam que a exposição do Bitcoin à um grande ETF é positiva: “Os futuros de Bitcoin serão sempre supervisionados pela equipe da SEC”.

E ao que tudo indica, teremos um novo ETF de Bitcoin a ser aprovado na SEC e que assim como aconteceu com a da ProShares, será aprovado para estrear na NYSE. Se trata também de um ETF de futuros em BTC da Valkyrie, que surgiu fortemente uma especulação de que uma aprovação estaria próximo de acontecer ainda esta semana.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts