O mercado futuro é uma evolução do mercado à vista (spot). Com o surgimento dos futuros, duas partes se comprometem na compra ou venda de um ativo (ações, commodities, bitcoin, mini dólar, boi gordo, índice bovespa, s&p 500 e outros) por um preço e quantidade previamente estipulados para liquidação em uma data futura.

Mas por que isso é feito? Os mercados, especialmente o de Bitcoin, são voláteis e extremamente imprevisíveis. Algumas empresas ou mineradores que têm a receita em Bitcoin precisam se proteger dessa volatilidade. 

Até mesmo investidores e fundos também precisam do mercado futuro tanto para investir com novas estratégias, quanto para se protegerem.

Como funciona o mercado futuro?

Por exemplo, a queda do preço do Bitcoin para US$ 4,000 em novembro de 2018 fez muitos mineradores ficarem no prejuízo e desligarem as suas máquinas. Isso derrubou o poder computacional da rede do Bitcoin. Tal infortúnio poderia ter sido evitado se mais mineradores conhecessem o mercado futuro.

Eles poderiam ter negociado no mercado futuro a venda de Bitcoin a US$ 6500 para dezembro de 2018. Realizando a venda, o minerador garante ao menos o preço necessário para que sua mineração seja lucrativa, reduzindo assim o seu risco de mercado.

Como minerar Bitcoin no Brasil?

O minerador é uma ponta do contrato. Quem é a outra parte? Nesse caso, é o trader que especula no mercado para ter lucros nas suas operações. Enquanto o minerador que se livrar do risco, o trader quer tomar o risco para si. 

Se na data de vencimento o contrato estiver acima de US$ 6,500, o trader terá lucro na operação. O minerador pode deixar de ganhar, mas esse ganho de que ele abriu mão será o prêmio que ele pagou por não ter que ficar com o risco de mercado. 

No fim das contas, ninguém teve perdas: o minerador pode ganhar na venda da sua produção. Assim como o trader pode ganhar na valorização e vender o Bitcoin por um preço maior do que ele comprou no mercado futuro.

mercado futuro de bitcoin

Onde negociar Bitcoin no mercado futuro

Todos os contratos no mercado futuro passam por ajuste diário conforme a variação do preço do ativo (Bitcoin) negociado no qual o contrato está baseado. Esses contratos são negociados majoritariamente em home broker (Bitmex) e balcões (Nox Bitcoin – OTC). Através do ajuste diário, o investidor sabe se tem ganho ou perda na negociação.

A vantagem desse mercado é a possibilidade de alavancagem. Um investidor pode operar uma posição muito maior do que ele realmente possui. No entanto, o risco de perda é muito maior do que o de não operar alavancado.

Leia também:

O que são derivativos?

O que são opções de Bitcoin? Como funcionam?

Derivativos são o próximo passo do mercado de Bitcoin

Risco da chamada de margem

Isso acontece porque para negociar contratos de futuros, o investidor precisa deixar uma “margem”, o que seria algo parecido com uma garantia necessária para a posição que ele vai assumir no mercado. 

Se você estiver muito alavancado e o mercado estiver indo contra a posição que você abriu, essa “margem” irá ser consumida com o intuito de pagar o empréstimo que você fez ao alavancar sua posição, isso é conhecido como chamada de margem, ou margin call.

Para evitar a liquidação, é preciso adicionar mais ativos na sua margem, de forma a diminuir a alavancagem da posição. 

Vencimento

Os contratos futuros vencem em datas determinadas pela própria bolsa. Para identificar os meses de vencimento, atribuíram letras do alfabeto para cada mês, começando de F e indo até Z.

Um contrato futuro de Bitcoin que vence em Dezembro de 2019 é identificado como XBTZ19 ou BTCZ19. 

Entrega

Contratos futuros de ativos tangíveis como agropecuários estão passíveis a entrega física. Isto é, se uma pessoa compra contratos futuros de 450 sacas de café ou 330 arrobas de boi, ela deveria buscar os ativos em armazéns cadastrados pela BMF/Bovespa.

Não há entrega física para ativos financeiros (intangíveis). Se as duas partes manterem posição até o vencimento, as posições serão encerradas e os prejuízos/lucros da posição serão compulsoriamente debitados/creditados pela corretora.

Vantagens do mercado futuro

  1. O mercado futuro é alavancado e possui uma excelente liquidez na negociação de contratos 
  2. Traz mais segurança para produtores de commodities ou fundos que queiram se proteger
  3. Possibilita alavancagem para buscar maiores ganhos com quantias menores do ativo.
  4. Abre possibilidades de arbitragem com o mercado à vista

Conclusão

O mercado futuro de Bitcoin vem crescendo em ritmo acelerado. Corretoras como Deribit e Bitmex apresentam crescimento em volume negociado a cada mês. A tendência é que, assim como em todos os mercados, o valor movimentado pelo mercado futuro ultrapasse o mercado à vista (spot).

A Bitmex ajudou a popularizar a negociação de contratos e a CME (Chicago Mercantile Exchange) foi a primeira plataforma regulada para o mercado tradicional, mas com a liquidação (entrega) dos contratos em dólar. 

A entrada da Bakkt agora permite a negociação de futuros de Bitcoin com entrega em Bitcoin, o que é um diferencial em relação a todas as bolsas reguladas. A tendência é a entrada de investidores institucionais e o crescimento do volume de Bitcoin, assim como a criação de mecanismos de proteção contra variações bruscas de preço.

Write A Comment