Carrefour (CRFB3) pagará R$ 759 milhões em dividendos

Carrefour (CRFB3) pagará R$ 759 milhões em dividendos

O Grupo Carrefour Brasil (CRFB3) aprovou e comunicou ao mercado, através de fato relevante, nesta terça-feira (13) o pagamento de R$ 759.099.167,86 em  dividendos, equivalente a pouco mais de R$ 0,3823 por ação da companhia em circulação.

De acordo com o informado no fato relevante, arquivado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), os acionistas que terão direito de receber os dividendos do Carrefour são aqueles com ações da companhia até o dia 16 de abril de 2021. 

Desse modo, a partir do dia 19 de abril de 2021, as ações serão negociadas sem direito aos dividendos.

O pagamento do provento ocorrerá até o final do exercício social e será feito de acordo com a proporção da participação de cada acionista. Os proventos serão referentes a 2020.

No entanto, o Carrefour explica que o valor por ação dos dividendos poderá ser modificado, tendo em vista as variações na quantidade de papéis decorrentes de emissões de ações ou negociação com os próprios papéis pela companhia.

Veja também: Reinvestindo os dividendos: turbinando sua rentabilidade

Cotação da CRFB3

A ação do Grupo Carrefour Brasil (CRFB3), encerrou a sessão desta terça-feira em queda de 0,78%, com valor de R$ 23,02. No consolidado do ano, o papel possui alta de 18,72%, frente ao fechamento do último pregão de dezembro, em R$ 19,39. 

Resultados do Carrefour no 4T20

Com forte crescimento de dois dígitos em vendas e lucro líquido e fluxo de caixa livre recorde, o Grupo Carrefour Brasil apresentou mais um bom desempenho no 4T e em 2020, atestando a força de todo o seu ecossistema. 

Além disso, a empresa tem realizado um grande esforço para avançar nas iniciativas ESG, no qual afirma ter aprendido importantes lições referentes ao trágico evento ocorrido em novembro, em uma de suas lojas em Porto Alegre

O Carrefour afirma que encontra-se comprometido em implementar uma das mais abrangentes séries de medidas de forma a enfrentar o racismo estrutural no Brasil. Agindo com responsabilidade, da mesma forma que tem feito ao longo da pandemia COVID-19, colocando a segurança dos clientes e funcionários acima de tudo.

Veja também: ESG: Conceito que tem transformado o mercado financeiro

A rede de supermercados, no 4T20, observou seu lucro líquido ajustado avançando, atingindo R$ 886 milhões ou 4,5% da receita líquida, um aumento de 31,1% em relação ao 4T19. Em 2020, o lucro líquido ajustado totalizou R$ 2,8 bilhões, aumento de 43,1% em relação a 2019, refletindo a estratégia de integração de todos os canais da empresa e a forte execução em um ano sem precedentes.

As vendas nas mesmas lojas avançaram 22,9% no ano, impulsionadas por fortes vendas no Atacadão e no Carrefour Varejo, com 14 lojas do Atacadão (das quais 6 conversões de lojas Makro e 1 atacado de entrega) e 8 novas lojas do varejo (das quais 7 do formato de proximidade e 1 supermercado) no 4T20. Como resultado final de 2020, a rede de lojas do Grupo Carrefour Brasil atingiu um total de 721 lojas. 

O Ebitda ajustado (lucro antes de juros, dividendos e amortizações) do Carrefour foi de R$ 5,610 bilhões, alta de 18% na base anual. No quarto trimestre, esse número foi de R$ 1,732 bilhão, avançando 18,2% na comparação com o mesmo período de 2019, e com uma margem de 8,7%, caindo 0,4 pontos percentuais na base anual.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts