Bitcoin registre nova máxima histórica e mira os US$ 70 mil

Bitcoin registre nova máxima histórica e mira os US$ 70 mil

A ação do Bitcoin segue superando o período de correção para atingir níveis mais altos e assim, faz com que a previsão da maioria dos especialistas esteja se concretizando, de que o BTC deverá testar os US$ 70 mil e após isso, a previsão é que o rally chegue até os US$ 98 mil.

Nesta terça-feira (10) de novembro, o Bitcoin nos surpreendeu novamente quando atingiu novamente uma máxima histórica. De acordo com dados do CoinTelegraph, houve uma mudança repentina de direção em BTC/USD, que subiu US$ 2.000 em apenas 45 minutos.

Naquele momento, a volatilidade ainda não havia acabado, já que os US$ 69.000 apareceram e com isso a perspectiva da marca de US$ 70.000 está cada dia mais próxima da realidade.

Bitcoin registre nova máxima histórica e mira os US$ 70 mil
Gráfico do site TradingView – Bitstamp. Disponível em: br.tradingview.com

Nível atual do Bitcoin finalmente está agradando aos traders

Esse nível atual firme está no radar dos traders, que acreditam que qualquer correção nesse momento iria acabar comprometendo com um novo período de alta. Porém pode acontecer uma profunda queda após esse período de alta, que levaria o BTC para a faixa de US$ 40 mil.

Se isso acontecer, o Bitcoin iria cair mais de 50% da sua máxima histórica, caso realmente chegue a bater a casa de US$ 98 mil. Em maio, quando atingiu o nível histórico, perdeu força com as notícias da China em proibir a mineração de Bitcoin e baixou para a faixa de US$ 29 mil.

Ethereum também segue para uma máxima histórica

Outras altcoins estão aproveitando o momento de alta do Bitcoin para baterem novas máximas históricas, como a Ethereum e Binance Coin (BNB). O par ETH/USD atingiu novos recordes e dessa forma chegou aos US$ 4.868, ficando perto do tão esperado nível de US$ 5.000, projeção para ainda esse ano.

No momento em que estas informações foram coletadas, o mercado de ações dos Estados Unidos havia sido recentemente aberto, onde os traders estavam principalmente de olho nas ações da Tesla (TSLA), depois que a sua liquidação na última semana teve um impacto indireto no mercado de criptomoedas.

O que estaria sustentando esse movimento de alta do Bitcoin?

Para alguns especialistas do mercado de criptomoedas, a subida atual do Bitcoin está sustentada pelas compras no mercado à vista, o que reduz os riscos trazidos pelas operações no mercado de futuros, ainda mais após os reguladoras forçarem as corretoras a diminuírem a alavancagem, como aconteceu com a Binance e FTX.

Dessa forma, permanece aberta a chance de que o Bitcoin realmente chegue a marca de US$ 100 mil até o final do ano, sendo que a primeira resistência a ser testada seria na faixa de US$ 98 mil.

Além do Bitcoin, a Solana também cresceu muito nas últimas semanas e alimentou a expectativa de que a sua blockchain possa se tornar uma alternativa à rede Ethereum. O ativo já acumula uma alta de 500% desde que surgiram rumores de que a sua plataforma seria escolhida pela GameStop para a produção de NFTs.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts