Compra de bitcoins - Rokke

Bilionário do petróleo investe cerca de US$60 milhões em bitcoins

Kjell Inge Rokke, que é dono de uma gigante empresa de petróleo e gás da Noruega chamada Aker Asa, anunciou nesta segunda-feira (8) que adquiriu 1.170 bitcoins em meio à inauguração da sua nova empresa Seetee.

A Seetee é uma empresa da família Aker, que terá como intuito manter ativos líquidos de investimento em bitcoin, além de realizar investimentos em projetos e em empresas que sejam interessantes para ela, desde que pertença ao ecossistema do bitcoin.

Conforme comunicado aos investidores, a empresa a nova empresa de Rokke deve ter todas suas economias baseadas no bitcoin, o que pode fazer com que se tenha ainda mais investimentos por parte do bilionário.

A empresa diz que seu objetivo com a primeira compra de 1.170 bitcoins é fazer holding com a criptomoeda (HODL), prática que consiste em manter a compra por um período maior de tempo para se ter rentabilidade sobre os ativos.

Além disso, a Seetee afirma em seu site que pretende encorajar os empreendedores através de conhecimento, experiência e também grandes ideias com relação ao uso da criptomoeda. No documento emitido aos investidores, Rokke explica como a Seetee agirá em relação aos investimentos com bitcoin.

Ele afirma que: “Não seremos tão rebeldes quanto os cyberpunks que inventaram o Bitcoin. Porém, agiremos de maneira muito mais progressiva que a maioria das corporações”. Mas a princípio, a empresa pretende fazer mineração de bitcoin, através de uma parceria com a Blockstream.

A Blockstream é uma das líderes globais de tecnologia relacionada ao Bitcoin e a blockchain e que agora fecha essa parceria com alguém que apresenta muito discurso e entusiasmo para com a criptomoeda, o que pode gerar uma parceria de sucesso.

Veja também: Veja o que mudou para declarar bitcoins no imposto de renda 2021

O bilionário Rokke e sua contribuição ao bitcoin

Segundo alguns tweets que foram publicados pela Seetee, a parceria com a Blockstream tem como objetivo juntar algumas capacidades das duas empresas, afirmando-se que se pretende “unir a capacidade industrial do conglomerado com a experiência da Blockstream no mercado das criptomoedas”.

O bilionário Rokke está na lista das 10 pessoas mais ricas da Noruega. Pelo seu interesse em projetos promissores em relação ao bitcoin, Rokker pode, inclusive, apoiar projetos de micropagamentos por meio da criptomoeda

Segundo Rokker: “Sou fascinado pela possibilidade de carteiras de bitcoin Lightning que podem permitir crédito instantâneo via micropagamentos sem a necessidade de fornecer informações pessoais que minha contraparte pode monetizar sem aprovação ou compensação.”

Rokke entende os riscos que estão associados aos investimentos massivos em criptomoedas, assim como também reitera o seu potencial. Ele diz que o “bitcoin pode chegar a zero”, mas também acredita que algum dia ele poderá valer milhões. 

Em complemento a essas ideias, o bilionário lembra que o dinheiro físico também tem seus riscos, embora muitas vezes isso não seja visto pelas pessoas. Segundo ele: “Estamos acostumados a achar que o dinheiro físico é livre de riscos. Mas não é. É explicitamente taxado pela inflação a uma pequena taxa a cada ano.”

Veja também: Elon Musk planeja criar cidade com economia em criptomoeda

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts