Investificar

Escrito por

Author

Canal de conteúdo sobre Investimentos, Economia e Finanças da Nox Bitcoin.

Traduzido de Business Insider

As pessoas mais ricas dos Estados Unidos ficaram US$ 845 bilhões mais ricas durante os primeiros seis meses da pandemia, com Elon Musk, Jeff Bezos e Warren Buffett registrando grandes aumentos, disse um relatório na quinta-feira. 

O Institute for Policy Studies, um think-tank de esquerda, e o Americans for Tax Fairness (ATF) disseram que o patrimônio líquido total de 643 das pessoas mais ricas do país aumentou de US $ 2,95 trilhões para US $ 3,8 trilhões entre 18 de março e 15 de setembro.

Leia também:

As pesquisas baseiam-se em dados que usam o relatório anual de bilionários da Forbes e dados em tempo real da Forbes. 

Isso representa um aumento de 29% em relação à data aproximada em que os bloqueios de coronavírus começaram e os mercados financeiros entraram em queda livre. 

O mercado de ações desde então se recuperou, com o S&P 500 e o Nasdaq atingindo recordes, mas a Covid-19 matou quase 200.000 americanos e a economia ainda está atolada em recessão. 

Chuck Collins, diretor do Programa de Desigualdade do Instituto de Estudos Políticos, disse: “A diferença é gritante entre os lucros para os bilionários e a miséria econômica generalizada em nosso país”.

Bezos, o presidente-executivo da importante varejista online Amazon, sem dúvida foi o maior beneficiário da pandemia. Sua riqueza aumentou em US$ 73,2 bilhões, para US$ 113 bilhões. 

As ações da Amazon subiram 40% este ano, à medida que a empresa acumulou bilhões de pedidos online de consumidores que estavam confinados em suas casas. Os itens vão desde mantimentos a bicicletas ergométricas.

Musk, o fundador e CEO da fabricante de veículos elétricos Tesla, está em segundo lugar. Sua riqueza cresceu US$ 67,4 bilhões, ou 274%. Tesla tem sido uma das ações blue-chip de melhor desempenho este ano, depois de ganhar quase 90% em valor nos últimos 12 meses.

Os mercados se beneficiaram de um período de taxas de juros baixíssimas, à medida que o Fed despejava estímulos no valor de trilhões para ajudar a economia a superar a pandemia.

O S&P 500, por exemplo, subiu 34% desde que atingiu mínimos de vários anos em março. Mas o relatório afirma que o aumento da riqueza não se deve apenas a esse salto pós-crise.

“O mercado de ações, no qual os bilionários têm grande parte de seu dinheiro investido, caiu drasticamente no mês anterior ao lockdown na pandemia. Mas os seis meses de ganhos que se seguiram não foram apenas uma reversão dessas perdas: os bilionários também são US$ 680 bilhões, ou 22%, mais ricos hoje do que em fevereiro de 2019”, disse. 

bilionários

Write A Comment