WhatsApp começa a testar pagamentos com moeda digital nos EUA

WhatsApp começa a testar pagamentos com moeda digital nos EUA

Mesmo que alguns senadores americanos tenham se oposto ao lançamento da moeda digital do Meta, na continuidade do desenvolvimento da Novi, a carteira que está sendo adotada pela gigante das redes sociais, agora em testes no WhatsApp.

Para Stephane Kasriel, que é chefe da unidade de criptomoedas e fintech da Novi, foi feito um anúncio oficial no dia 8 de dezembro onde a subsidiária da Meta, o WhatsApp, iria começar a testar as transações por meio da nova carteira Novi, da Meta.

Na opinião do executivo, o novo recurso estará disponível para um número ainda muito restrito de pessoas nos Estados Unidos, permitindo aos usuários que enviem e recebam dinheiro através do WhatsApp, no mesmo momento e sem a cobrança de taxas.

Meta está testando quais recursos são importantes para as pessoas

Na opinião dos críticos, a Meta está conseguindo identificar quais são os recursos e funcionalidades que são mais importantes para as pessoas, desde que o projeto piloto da Novi. O uso da Novi não afeta a política de privacidade que é respeitada pelos usuários do WhatsApp.

Para Will Cathcart, atual chefe do WhatsApp no Meta, a notícia foi confirmada através do perfil oficial no Twitter, fazendo a observação que a partir de agora alguns usuários nos Estados Unidos terão a chance de coordenar o envio de dinheiro para seus entes e pessoas queridas, parecido ao que está acontecendo no Brasil com o WhatsApp Pay.

Antigo Facebook: Veja o que está mudando na nova fase da rede social

Até pouco tempo era conhecida como Facebook, a nova fase da rede social mais popular do mundo está servindo de um projeto piloto oficial em colaboração com a maior exchange de criptomoedas no mercado dos Estados Unidos, a Coinbase, com parceria da empresa de pagamentos em criptomoedas, a Paxos.

Esse projeto piloto está inicialmente sendo implementado nos Estados Unidos e Guatemala, através da utilização da stablecoin Pax Dollar. O Open Markets Institute, que é uma organização sem fins lucrativos, enviou posteriormente uma carta com destino à reguladores, argumentando que Meta pode estar envolvido em um “negócio ilegal”.

Iniciativa está sim preocupando diversos reguladores no mundo

Meta, antigo Facebook, começou a trabalhar com soluções de pagamentos com criptomoedas a alguns meses, porém os projetos seguem enfrentando uma série de obstáculos por conta das travas impostas pelos órgãos reguladores.

Essa iniciativa causou uma profunda preocupação para os bancos centrais, porque o possível produto poderia causar uma competição que hoje não existe ainda, mesmo com a expansão do Bitcoin, para se realizar pagamentos em diversos países, ainda que apenas EUA e Guatemala estejam na fase de testes inicial.

Ainda em dezembro de 2020, o Facebook havia mudado o nome de sua carteira digital, que de Calibra passou a ser chamada de até então Novi. A sua moeda também deixou de ser chamada libra e agora tem o nome de “diem”. Mesmo com todos os esforços dos desenvolvedores do FB, a criptomoeda ainda não foi lançada oficialmente.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts