Radar Financeiro #2: confira as principais notícias comentadas da semana sobre mercado financeiro

Home / Radar Financeiro #2: confira as principais notícias comentadas da semana sobre mercado financeiro

11 de outubro, 1019

|

por: Lucas Bassotto

|

Categorias: Economia, Investimentos, Notícias

Radar Financeiro #2: confira as principais notícias comentadas da semana sobre mercado financeiro

Esse é um resumo semanal comentado das principais notícias do mercado financeiro da semana. Economia, investimentos, criptomoedas, política e muito mais. Informação de qualidade com leitura fácil e rápida, o jeito mais fácil de se manter informado sobre o mercado.
Antes de continuar, inscreva-se em nossa Newsletter para receber o conteúdo em primeira mão:


Economia brasileira e internacional

Exame: Deflação inesperada em setembro amplia viés de baixa para a Selic

Exame: Deflação inesperada em setembro amplia viés de baixa para a Selic

O IPCA negativo de 0,04% em setembro, divulgado nesta quarta-feira, previsto por apenas um entre 45 economistas pesquisados pela Bloomberg, foi o menor índice para setembro desde 1998, antes da instituição dos atuais regimes de câmbio flutuante e meta de inflação.

A deflação mostra que ainda há um grande terreno a ser percorrido pela Selic. Muitos analistas já estão projetando a taxa de juros brasileira entre 4% e 4,5% para o próximo ano. Ao baixar os juros, o governo tenta incentivar a atividade econômica.

——– ——– —— ——- ——— — ⇓ —– ——— ——– —— —– —-ibovespa volta a subir

Infomoney: Bolsas voltam a subir com Trump otimista em acordo com China 

O presidente Trump também escreveu em seu Twitter que as negociações com a China estão indo “muito bem”. Segundo o mandatário, os representantes dos Estados Unidos e da China tiveram uma negociação “muito boa”. O objetivo desses encontros é tentar encontrar uma solução para a guerra comercial entre as duas principais economias do planeta.

Bolsas ao redor do mundo voltam a subir depois de EUA e China tentarem negociar um acordo cambial. A imposição de tarifas do governo dos EUA sobre a China está causando efeitos colaterais na economia chinesa. Não vai ser hoje que a Guerra Comercial vai acabar. Há quem já queira desistir de acompanhar esse assunto. Mas os impactos desse embate serão sentidos a médio e longo prazo.

——– ——– —— ——- ——— — ⇓ —– ——— ——– —— —– —-

banco central autoriza funcionamento banco xp

Suno Notícias: Banco Central autoriza XP a virar banco múltiplo

O Banco Central (BC) concedeu nesta sexta-feira (11) a autorização de funcionamento para o Banco XP. Com essa decisão, a instituição financeira poderá atuar como banco múltiplo com carteiras comerciais e de investimento e autorização para realizar operações no mercado de câmbio. Agora o Banco XP poderá iniciar suas atividades. A instituição terá um capital social de R$ 100 milhões com sede no Rio de Janeiro.

A corretora deverá, através de seu banco, oferecer serviços de conta corrente e cartão de crédito. O primeiro produto comercializado será um empréstimo colateralizado, é um modelo em que o cliente precisa entregar uma garantia financeira antes de pegar dinheiro emprestado. Esse modelo possibilita taxas de juros menores em empréstimos, o que é uma excelente notícia, porque os juros cobrados pelos bancos são altos demais em relação a Selic.

Criptoeconomia

TheBlock: Grayscale ver investimento dobrar e diz que institucionais investem o tempo todo

TheBlock: Grayscale ver investimento dobrar e diz que “institucionais investem conosco o tempo todo”

Em entrevista recente ao The Block, uma executiva da Grayscale disse que o investimento em produtos da firma dobrou no segundo trimestre do ano e que os investidores institucionais “estão investindo conosco o tempo todo”.

Como uma dos maiores gerenciadoras de criptoativos do mundo, a Grayscale oferece vários fundos de criptomoeda que atendem à demanda dos investidores por “propriedade de ativos digitais na forma de títulos tradicionais”, de acordo com Sharif-Askary. Como tal, ela considera um mito pensar que os investidores institucionais ainda não entraram no mercado de criptomoedas.

Os investidores institucionais já possuem meios para entrar nesse mercado, mas nem todos ainda estão olhando para isso agora. Ainda carecemos de infraestrutura para receber esses gigantes. No momento só estão entrando os desbravadores.

——– ——– —— ——- ——— — ⇓ —– ——— ——– —— —– —-

radar financeiro 2 paypal abandona libra

Epoca Negócios: Paypal abandona o projeto da Libra, a criptomoeda do facebook

A empresa de pagamentos online anunciou oficialmente sua saída da Libra Association, organização sem fins lucrativos, responsável pela governança do novo negócio criado por Mark Zuckerberg. De acordo com a Bloomberg, parceiros do projeto estão cortando laços em consequência da recepção negativa que a criptomoeda recebeu de órgãos reguladores mundo afora.

Para justificar a sua saída, o PayPal afirmou que tomou a decisão de renunciar a sua participação para seguir focada na missão de democratizar o acesso a serviços financeiros para populações carentes. Bom, nenhuma criptomoeda que dependa do aval de reguladores irá para frente. Essa é a vantagem do Bitcoin, ele não depende da aprovação de burocratas para funcionar. 

Melhores posts da semana

Nassim Taleb: Bitcoin é a primeira moeda orgânica

Você é um investidor ou é um especulador? Saiba a diferença

Interpretando indicadores do TradingView

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *