Mesmo com a queda, Bitcoin tem maior demanda na Binance

Mesmo com a queda, Bitcoin tem maior demanda na Binance

Bitcoin chegou a atingir valores abaixo de US$ 30 mil, o que chega a custar todos os ganhos obtidos em 2021. Todavia, os dados da carteira de pedidos na corretora Binance confirmam que o Bitcoin quase caiu para a zona de suporte mais forte que o sistema possui. Vale ressaltar que a queda do Bitcoin vem ocorrendo desde abril deste ano, quando a moeda chegou a alcançar a cotação de US$ 64 mil no mercado.

Contudo, mesmo com a crescente queda, o sistema vem atraindo cada vez mais investidores, além de demonstrar um potencial de aplicação surpreendente. Com o crescimento da criptomoeda, alguns países como El Salvador vem incorporando a moeda em seu mercado interno. Além disso, foi observado mais empresas adicionando o Bitcoin em seus balanços.

O “maior lance de todos os tempos”

Após momentos difíceis na vida dos entusiastas do Bitcoin, as últimas 24 horas foram de tensão e muito suor. Logo após perder 6% durante a noite, o BTC atingiu valores de US$ 29.300, contagem essa que está 300 dólares abaixo do valor iniciado no ano de 2021.

Mesmo depois de ter atingido uma cota acima de US$ 60 mil nos últimos 3 meses, o Bitcoin se encontra no mesmo patamar que no início do ano. Contudo, mesmo aqueles que acreditam que o sistema esteja perdido, podem ficar aliviados, pois, o sistema tem passado por um momento em que possui o maior volume de clientes já visto.

Na última terça-feira (20) foi revelado pelo “Material Scientist”, o criador do recurso de monitoramento de Indicadores de Materiais, que a criptomoeda está agora sendo sustentada por uma demanda sem precedentes. Segundo o cientista de materiais “Acabamos de atingir o maior lance de todos os tempos”.

Após murmúrios de que o Bitcoin atinja o patamar de US$ 24 mil, ou então que chegue no temido “cenário do Armagedom”, com valores em média de US$ 14 mil. A atual situação de quebra do Bitcoin já não é mais um cenário totalmente fantasioso.

Um momento de felicidades para os hodlers menores de Bitcoin

Em um outro momento, a atividade dos investidores ao redor do mundo produziram um resultado surpreendente com relação ao Bitcoin. Conforme a análise realizada pelo estatístico Willy Woo, agora são os pequenos hodlers que estão acumulando Bitcoin, mesmo com as “baleias” se desfazendo de suas posses.

“Esta é a proporção da oferta mantida pelos detentores de 0-10 BTC vs 100+ BTC (golfinhos para baleias jubarte). PS. Os pequenos detêm 32% do que os grandes detêm, e isso nem inclui o saque nas bolsas ou ETFs” disse o estatístico.

A tendência altista do ano de 2021 pós-halving teve um cenário mais parecido com o ano de 2013 do que o ano de 2017. Esse fato pode ser visto principalmente com o desempenho nas últimas semanas.

Nesse momento, os grandes investidores têm acumulado ainda mais Bitcoins para sua carteira. Enquanto isso, muitos investidores principiantes deixam escapar uma nova oportunidade de comprar na baixa. Embora não se possa ter certeza do que acontecerá com o preço do Bitcoin daqui para frente, a tendência que se vê, desde os primórdios do projeto, sempre foi de alta e é o que se espera na continuidade do longo prazo.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts