João Belarmindo

Escrito por

Author

João Belarmindo. Graduando em administração pela UERJ, aficionado pelo mercado financeiro. Cobre assuntos como finanças pessoais, carreira, negócios e investimentos.

A procura por outras alternativas de investimentos mais rentáveis, considerando as constantes mudanças na taxa básica de juros, fez com que o mercado financeiro se expandisse. Para você ter uma ideia, o número de pessoas físicas com conta aberta na B3, bolsa de valores brasileira, alcançou os 3 milhões em setembro, segundo dados da própria bolsa.

número de investidores na bolsa certificações mercado financeiro

Através desse cenário, repleto de investidores, a demanda por profissionais que podem auxilia-los vem crescendo constantemente, isso porque o ramo de atuação é muito amplo, possuindo uma enorme gama de ativos, gestão, público e objetivos diversos, que necessitam de atendimento personalizado.  Mas afinal, você sabe qual é um dos fatores mais importantes para atuar nesse mercado?

Leia também:

Quer trabalhar no mercado financeiro? Confira as habilidades necessárias

Não é de hoje que sabemos que a capacitação profissional é de extrema importância em qualquer profissão. Como não há formação acadêmica específica para trabalhar no mercado financeiro, as certificações são a porta de entrada para quem deseja atuar na área.  

As certificações permitem atestar a capacidade técnica dos profissionais, além de contribuem para legitimar sua autoridade e credibilidade. Caso você esteja buscando iniciar ou agregar valor a sua carreira, obter uma certificação irá te destacar e aumentar suas chances.

Pensando nisso, separei para você as 8 principais certificações disponíveis dentro do mercado financeiro:

CPA-10 e CPA-20

As primeiras certificações ligadas ao mercado financeiro são a CPA-10 e o CPA-20, vinculados a Associação Nacional das Instituições do Mercado Financeiro (ANBIMA), que representa outras instituições como distribuidoras, bancos, administradoras, corretoras de valores e gestoras.

No geral essas duas certificações se destinam aos funcionários do setor bancário, que atuam na prospecção e venda de produtos financeiros, em agências bancárias ou plataformas de atendimento.

A diferença entre as duas é em relação ao público atendido e sua respectiva renda, enquanto no CPA-10 a oferta de produtos ocorre apenas ao investidor, no CPA-20 essa oferta é estendida no varejo de alta renda, private banking, corporate e investidores institucionais.

A prova da CPA-10 possui duração de 2 horas, 50 questões e exige que o candidato acerte no mínimo 70% para garantir o certificado. Já na prova do CPA-20 a duração é de 2 horas e 30 minutos, 60 questões e exige uma média de acertos mínima de 70% para que o candidato recebe o seu certificado.

O custo de realização da prova do CPA-10 é de R$ 272,00 para associados e R$ 327,00 para não associados. Enquanto do CPA-20 é de R$ 429,00 para associados e R$ 514,00 para não associados.

CEA

A Certificação de Especialista em Investimentos ANBIMA, ou CEA, é voltada para os profissionais que assessoram os gerentes de contas de investidores, podendo indicar produtos de investimento. Além disso, podem gerenciar clientes de alta renda e PJ em instituições financeiras ou atuarem como consultores de investimentos autorizados pela Corretora de Valores Mobiliários (CVM).

Referente ao exame para certificação, a prova tem cerca de 3 horas e 30 minutos, totalizando 70 questões e com a exigência de 70% de acertos para garantir o certificado.

O custo de realização da prova do CEA é de R$ 717,00 para associados e R$ 860,00 para não associados.

ANCORD

A Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias (ANCORD), é a responsável por credenciar e certificar os Agentes Autônomos de Investimento (AAI) no Brasil.

Essa certificação se destina aos profissionais que atuam em corretoras de valores ou outras instituições financeiras, o AAI é responsável por orientar e dar suporte aos seus clientes, prestando informações sobre o funcionamento de aplicações financeiras, como ações, renda fixa, fundos de investimento, fundos imobiliários, derivativos, contratos futuros, entre outros.

Para obter a certificação o candidato deve realizar uma prova, que tem duração de 2 horas e 30 minutos, constituída de 80 questões. Além disso há exigência mínima de 50% de acertos.

O custo de realização da prova da ANCORD é de R$460,00.

CFP

O Certified Financial Planner, mais conhecido como CFP, é uma certificação de origem americana, emitida pelo Certified Financial Planner Board of Standards. No Brasil a Associação Brasileira de Planejadores Financeiros é a única entidade que possui a autorização para conceder a referida certificação.

Essa é uma das certificações de alto nível no mercado financeiro, ela confere ao profissional o direito de trabalhar como planejador ou consultor financeiro, avaliando os objetivos e os riscos envolvidos no perfil de cada cliente, a fim de montar uma estratégia adequada.

O exame para adquirir a certificação pode ser realizado em apenas um dia ou em módulos, sendo 6 ao total, que devem ser completados em até 24 meses. Para aqueles que desejam realizar a prova em um único dia, sua duração é de 7 horas e 5 minutos, com intervalo de 1 hora e 30 minutos.

Os candidatos que optarem por realizar o exame completo no mesmo dia deverão obter mínimo de 70% de acertos na prova como um todo, além disso é necessário que tenham mínimo de 50% de acertos em cada módulo.

Caso o candidato escolha realizar as provas em módulos separados é obrigatório acertar 70% de questões em cada módulo para ser aprovado.  O preço para participar da prova de certificação CFP é R$ 1.300 em um dia, ou R$ 350 por módulo.

Vale ressaltar que para garantir a certificação não basta apenas ser aprovado no exame, é necessário que o candidato comprove que tenha curso superior completo e no mínimo 3 anos de experiência na área de planejamento pessoal, com clientes pessoas físicas.

CNPI

O Certificado Nacional do Profissional de Investimentos, CNPI, é emitido pela Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (APIMEC). Destina-se aos profissionais que desejam exercer a função de Analista de Valores Mobiliários, ou seja, que realizem análises e recomendações de investimentos, juntamente com a emissão de relatórios.

Essa certificação é dividida em três categorias:

  • CNPI: Para aqueles que desejam se tornar analistas fundamentalistas, isto é, determinar a valoração de determinado ativo a partir da análise e observação dos demonstrativos financeiros das companhias e demais informações sobre economia e o mercado.
  • CNPI-T: Para aqueles que desejam se tornar analistas técnicos, isto é, realizar análise técnica de ativos, observando padrões gráficos, com objetivo de reconhecer oportunidades de investimento no curto prazo.
  • CNPI-P: Formação do Analista Pleno, ou seja, que trabalha de maneira fundamentalista e técnica.

O exame para adquirir a certificação é dividido em 3 etapas de 60 questões cada, com 2 horas de duração para cada etapa. É importante frisar que o candidato tem até 1 ano para completar a prova, a partir da data da realização do primeiro exame, em caso de aprovação. Além disso, o candidato deve apresentar diploma de curso superior completo.

O preço para participar da prova de certificação CNPI pode variar de R$ 457,00 até R$ 762,00, dependendo de qual certificação será escolhida.

CGA

A Certificação de Gestores da ANBIMA é voltada aos profissionais que desejam ser reconhecidos e autorizados para atuar como gestores de fundos de investimento ou via carteiras de ações administradas.

Comparado às outras certificações oferecidas pela ANBIMA (CPA 10, CPA 20 e CEA), a CGA possui grau de dificuldade extremamente alto, com 60 questões para cada módulo, totalizando 2 módulos, com carga horária de 3 horas para cada. O índice mínimo de acerto para garantir o certificado é de 70%.

O custo de realização da prova é de R$573,00 para associados e R$688,00 para não associados.

CFA

O Chartered Financial Analyst, mais conhecida como CFA, é concedida pelo instituto norte-americano CFA Institute. Esta é a certificação financeira internacional de maior reconhecimento e prestígio no mercado financeiro, no qual permite ao profissional trabalhar em qualquer lugar do mundo, atuando em hedge funds, bancos, companhias de seguros, firmas de private equity e consultorias financeiras.

Para conseguir a certificação é necessária aprovação nos três níveis em sequência do exame, que são realizados totalmente em inglês, além disso, o candidato deve comprovar 3 anos de experiência profissional.

A taxa de inscrição do CFA é de US$ 450. Porém, a taxa de cada exame pode variar de US$ 650 até US$ 1380, dependendo da antecedência com que o candidato se inscreve.

Conclusão

As certificações do mercado financeiro dão um grande upgrade no currículo e podem ser um grande diferencial. Contudo, é preciso muito estudo e acertar pelo menos 70% das questões na grande parte das provas.

É essencial entender, antes de tudo, qual setor em que você deseja trabalhar. Assim, você economiza tempo e tira a certificação mais relevante para o trabalho que você pretende exercer.

Write A Comment