Polkadot, o protocolo que levará a blockchain ao próximo nível

Polkadot, o protocolo que levará a blockchain ao próximo nível

Descrito como um protocolo open-source construído para todos, a Polkadot busca ser o próximo passo na evolução da tecnologia blockchain. É um conceito, que foi inicialmente imaginado pelo Dr. Gavin Wood, co-fundador da Ethereum. O time foca seus recursos em segurança, escalabilidade e inovação. 

Sendo assim, a infraestrutura necessária precisa ser criada não somente para suportar novas ideias e conceitos, mas também para garantir que a interoperabilidade seja atingida. Uma blockchain específica no ecossistema Polkadot é chamada parachain (parallel blockchain), enquanto a blockchain principal é chamada Relay Chain.

Com isso, a ideia é que as parachains e a Relay Chain possam trocar facilmente informações o tempo todo. As parachains são bastantes similares aos shards que aparecem no planejamento de implementação da Ethereum 2.0. Qualquer desenvolvedor, companhia ou indivíduo pode conectar sua parachain através do Substrate.

Nesse sentido, o Substrate é um framework para criar criptomoedas e sistemas descentralizados. Visto que a blockchain personalizada é conectada na rede Polkadot, ela se torna interoperável com todas as outras parachains na rede. Com isso, criar aplicativos, produtos e serviços se torna muito mais simples nesse formato. 

A transferência de dados e ativos entre blockchains não era possível de ser realizada em larga escala antes. A segurança e validação dos dados entre as parachains é feita através de validadores de rede. Um pequeno conjunto destes validadores pode proteger múltiplas parachains. Os validadores também garantem que as transações possam ser espelhadas por diversas parachains, melhorando a escalabilidade.

Veja também: Dapps, o que são? possíveis usos e vantagens

Benefícios da plataforma

Existem diversos motivos pelos quais os desenvolvedores devem explorar o ecossistema Polkadot. Devido à natureza limitada das atuais blockchains, é evidente que existem alguns importantes problemas a serem resolvidos. Entre eles, podemos citar: customização, interoperabilidade, governança e capacidade de atualização.

Dessa forma, logo de cara, a Polkadot já resolve parte destes problemas. Ela age como uma rede multi-cadeias, permitindo processar transferências em paralelo entre diferentes cadeias individuais. Isso remove um dos maiores empecilhos da tecnologia blockchain hoje. Processamento paralelo é um avanço significativo e pode pavimentar o caminho para uma ampla adoção global da blockchain.

Além disso, os que buscam customização, podem aproveitar de alguns outros recursos fornecidos pela Polkadot. Todo projeto possui suas necessidades individuais e requerimentos. Com isso, a Polkadot permite cada cadeia a ter seu design otimizado para aquela funcionalidade específica.

Já em relação à interoperabilidade, ter projetos e aplicativos compartilhando dados perfeitamente é, sem dúvidas, algo grandioso. Embora ainda devemos ver que tipo de produtos e serviços isso criará, existem diversos casos possíveis. Este recurso pode criar todo um novo ecossistema financeiro. Com isso, cada parachain irá tomar conta de um aspecto em particular por vez.

Por fim, qualquer comunidade associada com uma parachain estará permitida a governar sua rede à sua maneira. Além disso, todas as comunidades são cruciais para a governança futura da Polkadot como um todo. A coleta de feedback da comunidade poderá gerar percepções valiosas, que irão evoluir ao longo do tempo de projeto.

O Token DOT

De forma similar a maioria dos outros projetos de infraestrutura de blockchains, a Polkadot possui seu próprio token nativo. Conhecido como DOT, ele serve como o token da rede, como o ETH é o token da Ethereum e o BTC é o token para o Bitcoin. Existem diversos casos de uso para este token.

Por exemplo, ele concede, aos detentores do token, direitos de governança sobre toda a plataforma Polkadot. Isso inclui a determinação de taxas da rede, vota nas melhorias gerais da rede. Também é possível votar pela entrada ou saída de parachains. Além disso, a DOT é projetada para facilitar o consenso da rede através de staking.

De forma similar a outras redes, todos os detentores de DOT são incentivados a seguir as regras a todo momento. Caso eles descumpram com as regras, eles podem perder seu stake. Também é possível utilizar a DOT para realizar bonding. Isso é necessário quando novas parachains são adicionadas ao ecossistema Polkadot.

Token DOT
Token DOT – TradingView

Você pode acompanhar o valor do token DOT no TradingView, assim como a cotação de outras criptomoedas. A ferramenta ajuda investidores a acompanhar diariamente diversos ativos, desde os mais tradicionais, como os presentes na Bolsa de Valores até os que estão no universo dos criptoativos.

Veja também: Mineração em nuvem, entenda como funciona

Staking and bonding

A abordagem da Polkadot para interoperabilidade vai muito além da simples troca de ativos. Esta é, também, uma forma de introduzir novos conceitos, como o incentivo ao staking de tokens, bem como ao bonding de tokens. O staking de tokens em uma rede blockchain não é um conceito novo.

Nesse sentido, conhecido como Proof-of-Stake (PoS), este modelo de consenso funciona recompensando usuários por realizar o staking de moedas. Com o Polkadot, stackers honestos são recompensados, enquanto atores ruins podem perder todo o seu stake.

Por outro lado, como mencionamos anteriormente, toda parachain nova, adicionada na Polkadot, é feita ao realizar o bonding de tokens DOT. O bonding se refere a realizar confirmações de tokens para a rede por um certo período de tempo. Blockchains que não são úteis para o projeto e que não são mais mantidas, serão removidas e seus tokens devolvidos.

Conclusão

Na prática, existem diversas coisas que fazem Polkadot ser atrativa para os desenvolvedores. É um ecossistema capaz de atender programadores individuais, bem como pequenas empresas e grandes corporações. Conseguir implantar blockchains personalizadas para atender necessidades específicas, bem como atualizar sem complicações, é um conceito novo e valioso para o mundo de criptoativos.

Contudo, Polkadot é ainda um ecossistema muito novo. Enquanto dezenas de projetos devem estar em desenvolvimento, levará algum tempo até que os primeiros grandes projetos sejam lançados. Segundo o PolkaProject, existem centenas de projetos sendo desenvolvidos, desde carteiras a projetos de infraestrutura, DApps, etc.

Em relação ao DOT, os criadores da Polkadot dizem que ele não é um token projetado para especulação. Embora ele tenha um valor monetário nas exchanges, foi primordialmente projetado para os propósitos listados acima. Dessa forma, para os desenvolvedores, o token DOT serve apenas para atender funções de staking and bonding.

Por fim, a Polkadot é uma grande conquista da tecnologia blockchain e engenharia. Em um mundo bastante competitivo de protocolos multi-cadeias e redes difíceis de serem escaladas, a Polkadot oferece uma estrutura inovadora, desenvolvida pela comunidade para construir um ecossistema melhor e mais descentralizado, sendo interoperável com tecnologias existentes.

Veja também: Conheça a privacy coin Monero (XMR)

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts