Magazine Luiza informa compra do Jovem Nerd

Magazine Luiza informa compra do Jovem Nerd

O Magazine Luiza (MGLU3) comunicou nesta quarta-feira (14) a compra do Jovem Nerd,  uma das maiores plataformas multimídia, voltada para o público nerd e geek do país.

Jovem Nerd

Fundada em 2002, por Alexandre Ottoni (Jovem Nerd) e Deive Pazos (Azaghal), a plataforma tem mais de 5,5 milhões de inscritos em seus canais no YouTube e cerca de 3 milhões de seguidores no Twitter e mais de 1,3 milhão no Instagram.

O canal aborda diversos temas, tais como cinema, quadrinhos, séries, games, história, ciência, internet e tecnologia. Tudo isso em diferentes tipos de mídia com seus programas NerdCast, NerdOffice, NerdBunker, NerdPlayer e Heredologia.

Além disso, um dos grandes destaques é o pioneirismo na produção de podcasts no Brasil com o lançamento do NerdCast em 2006. No ar há 15 anos, o programa é um dos líderes de audiência e abriu portas ao mercado publicitário no segmento através de branded content.

Em 2019, o Nerdcast alcançou a marca de 1 bilhão de downloads, sendo o primeiro em audiência no Brasil e o terceiro no mundo.

Estratégia da Magazine Luiza

De acordo com especialistas, a aquisição é refletida na estratégia  de transformação do mercado de marketing, que recentemente tem atuado cada vez mais digitalmente, onde a varejista consegue enxergar uma  ampliação dos domínios na batalha dos superapps.

Além disso, vale lembrar que parte dessa estratégia vem sendo implementada pela empresa, inicialmente em agosto do ano passado, quando a Magazine Luiza anunciou a compra do Canaltech.

Veja também: Gol projeta queda na venda de passagem em abril

Já em março deste ano, a varejista expandiu e reforçou seu conteúdo no varejo de moda com a aquisição do Steal The Loo.

As aquisições oferecem ao setor de marketing da Magazine Luiza, a sua presença atuante nas principais fontes de mídia, como YouTube, Spotify e redes sociais, como o Instagram. No intuito de adquirir produtores de conteúdos que se destaquem em segmentos específicos.

A varejista informou que, assim como aconteceu com o Canaltech e o Steal the Look, o conteúdo produzido pelo Jovem Nerd continuará sendo disponibilizado nos canais atuais e a liberdade editorial será mantida.

O conteúdo apenas será integrado ao aplicativo da Magazine Luiza, ampliando o seu alcance e aumentando o tempo de uso do aplicativo.

Foco no superapp

Com a aquisição do canal Jovem Nerd, a Magazine Luiza atrairá a audiência dos inscritos no canal para dentro do superapp da varejista.

“O primeiro objetivo é fazer uma conexão entre os nossos sellers e um inventário e uma produção de conteúdo super qualificado do Jovem Nerd. O segundo ponto é trazer parte desse conteúdo para dentro do nosso app, o tornando mais relevante”, disse Eduardo Benjamim, diretor executivo de comércio eletrônico da Magazine Luiza.

Desse modo,  o app fica mais atrativo e tem potencial para gerar mais vendas. Em suma, a Magazine Luiza deve, cada vez mais, ampliar o escopo para além de seu público tradicional.

Movimentação das ações (MGLU3)

No fechamento do pregão, a ação da Magazine Luiza (MGLU3) obteve perdas de 0,36%  aos R$ 22,12. No intraday, o ativo flutuou entre a mínima de R$ 21,87 e a máxima de R$ 22,35, registrada na abertura.

Veja também: Como ganhar dinheiro na bolsa de valores com ações?

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts