ETFs em 2021 somam mais de R$ 150 bilhões na bolsa de valores

ETFs em 2021 somam mais de R$ 150 bilhões na bolsa de valores

O número de investidores na renda variável continua crescendo em 2021. Entre as opções disponíveis que mais aportes vêm recebendo, as 40 opções de ETFs já somam um valor agregado de R$ 153 bilhões injetados somente em 2021. Cerca de 33 desses fundos estão na renda variável e mais 7 que são na renda fixa.

O cenário de juros a menos de 5%, faz com que os brasileiros busquem outras opções, como na renda variável. Aos poucos aquela mistificação e o medo de investir em ações vai caindo para baixo, garantindo ao investidor a diversificação da carteira que é algo tão importante.

Veja os dados da B3 sobre o número de investidores em ETFs

Segundo os dados apresentados pela B3, apenas em 2021 foram listados 11 novos ETFs na Bolsa Brasileira. Os investidores pessoa física já contam com 40 opções para negociação, sendo 33 investimentos na renda variável (20 nacionais e 13 internacionais) e mais sete da renda fixa.

Somente entre janeiro e maio deste ano, a movimentação de ETFs na B3 chegou a R$ 153 bilhões. O patrimônio destes produtos chega a R$ 47 bilhões, que é um retorno de 23% quando comparado aos resultados apresentados em 2020. No ano passado, o patrimônio total foi de R$ 38 bilhões.

Agora quando analisado por número de investidores, a base já passa de 269 mil em janeiro para um pouco de mais 400 mil na última análise de maio deste ano, com um crescimento de 149%.

Quais são os ETFs mais negociados na B3?

Entre os ETFs que foram mais negociados no último mês na B3, estão na seguinte ordem: BOVA11, o BOVV11 e HASH11. Este último cenário é bastante interessante, pois estamos falando do primeiro ETF de criptomoedas a ser negociado na B3.

Mesmo com o recente sucesso do HASH11, o ETF BOVA11 ainda é o responsável pela maior fatia de negociação da Bolsa de Valores, com um total de 51% dos investidores. Este é o fundo que trata o desempenho direto do Ibovespa, por isso é um índice tão recomendado.

O ETF HASH11 é o que mais se destaca entre as opções internacionais, já que ele acompanha o índice Nasdaq Crypto, que tem como junção as principais criptomoedas, como Bitcoin, Ethereum e Litecoin.

Afinal de contas, o que é um ETF?

Um exchange-traded fund ou apenas ETF, é um fundo de investimento negociado em uma Bolsa de Valores e tem desempenho parecido ao de uma ação. Quase 100% dos ETFs acompanham algum índice, como índice de um título ou de ações.

Apesar de ETFs serem ainda recentemente novos para os brasileiros, estes já são de conhecimentos dos americanos desde a década de 80. Inicialmente os ETFs apenas eram negociados em uma indústria do mesmo mercado, dentro de um país, porém com o desenvolvimento da mesma indústria, esse investimento já está presente no mundo todo.

Uma das vantagens de um investimento em ETFs na Bolsa de Valores são os seus menores custos de transação e também vantagens para um investimento a longo prazo, afinal assim como ações, um ETF só tem tributação na hora da venda.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts