Conheça os principais indicadores técnicos para criptomoedas

Conheça os principais indicadores técnicos para criptomoedas

Indicadores técnicos são alguns dos recursos mais utilizados para a interpretação de um mercado. São úteis para investidores em diversos ativos, sendo tradicionalmente usados para o mercado de ações, futuros, Forex, etc. Além disso, eles se aplicam também ao mercado de criptomoedas.

A razão é simples, indicadores técnicos ajudam a entender os principais pontos de compra e venda. Isso permite trazer alguma tranquilidade ao realizar negociações nas exchanges de criptomoeda. Contudo, existem alguns indicadores que são os preferidos de investidores. Neste artigo, serão informados alguns dos principais indicadores.

Indicadores técnicos, entendo o básico

Indicadores técnicos são basicamente fórmulas matemáticas criadas por investidores para ter alguma referência do mercado. Mas por qual motivo eles servem como referência? O motivo é que, em algum momento, ajudaram a entender algumas situações do mercado, razões de subida, descida e consolidação.

Nesse sentido, existem diversos tipos de indicadores: osciladores, rastreadores, volume, entre outros. Entender o que cada indicador mostra é uma excelente forma para entender o mundo de investimentos. Abaixo, serão explicados alguns e como eles são usados.

Média móvel

A média móvel é certamente o indicador mais clássico do mercado. É fácil de usar e interpretar, sendo o motivo pelo qual permanece sendo um dos indicadores favoritos dos investidores. Em suma, a média calcula o preço médio do ativo baseado nos períodos anteriores.

Com isso, se for possível descobrir o preço médio de um ativo, é possível analisar, através da inclinação da curva, os melhores preços de compra e venda de um ativo, após identificar a tendência de mercado.

Particularmente, em um projeto de criptomoeda, por melhor e inovador que seja o projeto, seu valor nunca subirá indefinidamente. Em dado momento, terá correções (voltando a um ponto mais baixo), continuando a subir logo em seguida, como acontece com qualquer ativo.

Conheça os principais indicadores técnicos para criptomoedas
TradingView – Média móvel – 9 períodos

Veja também: Initial Dex Offering (IDO), captando recursos de forma descentralizada

Bandas de Bollinger

As Bandas de Bollinger são indicadores da categoria de osciladores. Ele indica volatilidade, sendo possível identificar a volatilidade média do mercado. No mercado de criptomoeda, existe muita volatilidade e, com isso, as Bandas de Bollinger ajudam a como agir na consolidação.

Nesse sentido, a consolidação acontece quando o preço de um ativo se encontra dentro de um intervalo. Sendo assim, não há quebras para cima ou para baixo. Até mesmo na consolidação, o preço máximo e mínimo de um ativo é irregular. Com isso, uma coisa é certa, não faz sentido vender no topo ou, no fundo, se você quiser negociar, você precisa comprar no fundo da consolidação e vender no topo da consolidação. Mas qual é o ponto de entrada?

As Bandas de Bollinger é uma das formas de entender qual é este ponto. Quando o mercado supera uma consolidação e o movimento não continua, ele tende a reverter. Quando estas “falsas rupturas” acontecem, há uma superação da banda. 

Na prática, a soma entre a consolidação do mercado e a Banda de Bollinger mostra que o mercado tem mais chance de se reverter e que os pontos extremos são bons para compra e venda.  Sendo assim, é possível identificar os topos do gráfico quando a banda superior foi rompida e, quando o investidor perceber que o movimento perdeu a força, é o momento de investir contra o próprio movimento.

Conheça os principais indicadores técnicos para criptomoedas
TradingView – Bandas de Bollinger

RSI – Relative Strength Index

O RSI é outro indicador amplamente usado por investidores. Como é fácil de interpretar, é possível fazer uma análise rápida do contexto do mercado. De forma similar às Bandas de Bollinger, o RSI é um indicador de oscilação. Isso significa que é usado para identificar a volatilidade do mercado.

Contudo, existe uma particularidade em relação ao RSI. Nos momentos de tendência de subida ou descida, ele apresenta boas oportunidades para o investidor. Quando uma criptomoeda está em tendência de alta, o preço tende a subir, com topos e fundos em uma tendência ascendente.

Nesse sentido, entende-se que se o indicador RSI estiver abaixo de 30, o mercado está “comprado”. Por outro lado, se está acima de 70, o mercado está “vendido”. Sendo assim, se existe uma tendência de alta e o investidor não souber que caminho seguir, basta seguir o RSI.

Conheça os principais indicadores técnicos para criptomoedas
TradingView – RSI – Relative Strength Index

Veja também: Flash crash: Entenda este evento curioso do mercado financeiro

Volume

O volume é um indicador fundamental para análise de qualquer mercado. Este mostra o interesse de participantes do mercado sobre determinado ativo. Se existe interesse, existe negociação e certamente a possibilidade de fortes movimentos em uma determinada criptomoeda.

Por outro lado, com baixo volume, é difícil interpretar o movimento de determinada criptomoeda, visto que a liquidez traz segurança para as negociações. No caso do volume, existem algumas maneiras de utilizá-lo.

 É sempre importante interpretar o contexto do mercado para negociar, e, quando o mercado está em regiões de consolidação, sair de uma geralmente vem com um movimento de volume forte no ativo.

Ordens cumulativas

Uma das grandes vantagens de plataformas profissionais de negociação de criptomoedas são os indicadores que não são encontrados normalmente nestes mercados. Um destes é o de ordens cumulativas. Ele permite monitorar o balanço entre ordens de compra e venda.

Nesse sentido, se o balanço for positivo, significa que os compradores estão vencendo a “briga” contra vendedores. Se o balanço é negativo, os vendedores estão vencendo a briga. O principal ponto das ordens cumulativas é entender que o que move o mercado, de fato, são as ordens de compra e venda.

Com isso, compras em preços cada vez mais altos tendem a empurrar a criptomoeda para cima, enquanto vendas em preços muito baixos, puxam a criptomoeda e tendem a empurrar o valor da criptomoeda para baixo. 

Sendo assim, se o saldo acumulado é crescente, significa que, comparando as duas ordens, a tendência é que o mercado suba. Em outras palavras, as ordens de compra são maiores que as ordens de venda. Estes indicadores são excelentes validadores de tendência.

Conheça os principais indicadores técnicos para criptomoedas
TradingView – Ordens cumulativas

Conclusão

A utilização de indicadores ajuda bastante a decisão de investidores em entrar em ativos. Mais que isso, ajuda até mesmo a verificar qual o melhor momento de entrada para obter o maior lucro em negociação de criptomoedas. Considerando que é um ativo bastante volátil, ter ferramentas que auxiliem a tomada de decisão é importante.

No entanto, embora a explicação pareça simples, é importante estudar sobre a utilização de cada um destes indicadores. Entender o conceito de forma equivocada pode trazer grandes prejuízos ao investidor. Existem outros indicadores técnicos, mas os apresentados neste artigo já indicam um bom início.

Veja também: Empréstimos em DeFi, como funcionam?

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts