opções

Como o vencimento das opções afeta os preços das ações?

Você provavelmente já ouviu algo sobre o aumento da volatilidade em períodos próximos aos vencimentos de opções de ações e índices. Provavelmente já deve ter ouvido até alguma sugestão para tomar cuidado com esses dias mais “sombrios” da bolsa.

Contudo, será mesmo que existe algum motivo de preocupação em relação a isso? Será que o vencimento das opções influencia de fato o preço das ações negociadas no período? Pois, bem! Para responder a esse questionamento, iremos explorar esse tema no artigo de hoje.

Assim, fique conosco até o final e descubra como de fato esse movimento ocorre, o que algumas pesquisas dizem sobre isso e quais são os cuidados necessários para operar seus ativos durante esses períodos de maior volatilidade.

Opções de índice e de ações

Primeiro uma breve introdução sobre o assunto, já amplamente explicado aqui. Contudo, para quem está completamente perdido é importante lembrar. Opções são instrumentos financeiros derivativos, que conferem ao seu titular o direito de comprar ou vender um ativo a um preço determinado (Strike).

Enquanto, no ponto de vista do lançador a entrega deve ser efetuada. Ou seja, o vendedor da opção leva consigo a obrigação em caso de exercício de entregar as ações às quais se comprometeu. Caso o lançador não seja exercido, este fica com o prêmio pago pela opção.

Assim sendo, o que ocorre nos dias próximos ao vencimento desses contratos, é literalmente uma “guerra de interesses”, entre “comprados” e “vendidos”. Em outras palavras, aqueles que se beneficiam da alta.

Buscam o aumento dos preços desses ativos, e aqueles que estão posicionados na venda, buscam o inverso, operam pela queda desses ativos.

Contudo, compreender esses conceitos parece estranho. Mas não fique confuso ainda, iremos explicar de que forma essa “pressão” que ocorre entre compradores e vendedores é exercida nos dias que se aproxima ao vencimento.

Como o vencimento das opções influencia o preço das ações?

Com isso, essa “pressão” exercida pelo vencimento nos preços, está direcionada a “guerra” para influenciar os preços como explicado acima. Onde cada investidor posicionado, busca influenciar o preço do ativo para beneficiar sua posição.

Dessa forma, pesquisas empíricas mostram de fato que a aproximação do vencimento desses contratos  aumenta a volatilidade nos preços das ações. Essas pesquisas costumam utilizar a abordagem de estudo de eventos  (BALL; BROWN, 1968; FAMA et al., 1969).

Que em outras palavras quer dizer que buscam medir diferenças estatísticas nos retornos de ações, usando as datas de vencimento de opções como parâmetro.

Veja também: Como o desenvolvimento da Estônia a tornou um dos países mais ricos da Europa?

Causalidade entre os Mercados de Opções e o de ações

A quantidade de negócios e o volume financeiro que é transacionado no mercado de opções e a vista estão relacionados. Dado que para se planejar algumas estratégias que envolvam operações estruturadas é necessário a compra e venda de ambos.

Nesse sentido, seja para realizar um hedge ou mesmo algum tipo de alavancagem. A montagem dessa estrutura irá influenciar diretamente o volume financeiro transacionado no mercado à vista.

Com isso, essa correlação existe. No entanto, isso não comprova a não existência de um mercado eficiente, existem outros trabalhos que se utilizaram de eventos e ações isoladas que não chegaram a qualquer conclusão sobre o efeito do vencimento de opções nos preços de ativos subjacentes.

Evidências internacionais

Em um estudo publicado por Klemkosky (1978), o autor pode encontrar resultados negativos nos preços de ações da NYSE, na semana anterior ao vencimento desses contratos de opções. O curioso é que o preço fora revertido nos períodos posteriores. Além disso, em outro artigo publicado por Officer e Trennepohl (1981) foram encontrados também evidencias de influências.

Ou seja, retornos negativos 2 dias antes dos vencimentos de contratos de opções. Ambos os estudos publicados sugere que os ativos negociados no mercado a vista, podem sofrer pressão em seus preços, nos dias que antecedem ao vencimento.

O que ocorre no Brasil

Com isso, alguns trabalhos realizados com foco no mercado brasileiro, também contribuíram com a tese de não eficiência do mercado. Que diz que os preços só deveriam se mover caso houvesse introdução de novas informações, antes desconhecidas pelos operadores de mercado.

Assim, as publicações de Sanvicente e Monteiro (2005) e Cunha e Newton Jr. (2006) também sugerem que há influência sobre os preços negociados no mercado à vista. Demonstrando nesse sentido que os preços de negociação que ocorrem no período que antecede os vencimentos de opções podem não ser racionais nem eficientes.

Cuidados ao operar próximo ao vencimento desses contratos

Com isso, caro leitor, lembro que é importante estar atento aos movimentos dos principais players de mercado. Embora possa parecer um momento de oportunidade, muitas vezes os preços são pressionados para baixo.

Deve-se ficar atento, contudo, como explicado no início desse artigo, essa movimentação dependerá do posicionamento de grandes players do mercado.

Outro fator importante de se lembrar, é que os preços são fortemente influenciados por aspectos comportamentais. Logo, eventos inesperados podem rapidamente mudar a direção dos preços desses ativos. Contrariando assim a lógica inicialmente observada.

Além disso, alguns outros trabalhos realizados para o mercado nacional, diferente de Sanvicente e Monteiro (2005), mostraram que algumas avaliações isoladas não devem ser generalizadas. Nesse sentido, esses trabalhos chegaram à conclusão que o Mercado brasileiro oscila entre momentos de eficiência e não eficiência.

Conclusão

Como vimo caro leitor, não há evidências sólidas de que há forte influência em nosso mercado. Contudo, sugiro que o leitor esteja atento a esses dias que podem ser considerados mais “sombrios” para o mercado.

Quando eventualmente grandes players podem estar defendendo posições, e fazendo o mercado atuar de forma não racional. Além disso, uma outra sugestão interessante para se avaliar o movimento dos players do mercado, é utilizar o Tape Reading, como uma ferramenta de monitoramento.

Por fim, caro leitor, ressalto a importância dos estudos relacionados aos temas ligados a derivativos. Principalmente caso o leitor tenha interesse não apenas de conhecer o mercado, mas também de operar esses contratos, que são naturalmente mais arriscados do que as operações comuns no mercado à vista.

Veja também: Entenda o Tape Reading: o que é e como usar

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts